Gugu Liberato morreu? Reinaldo Azevedo “matou” Gugu Liberato?

Nesta quinta-feira (21), Reinaldo Azevedo abriu o programa O É da Coisa, na Band News FM, lamentando a morte de Gugu Liberato.

Fui em busca de detalhes e, no G1, encontrei uma notícia sobre o acidente que o apresentador sofrera em sua casa, em Orlando. Morte, nada.

Procurei na Folha. Nenhuma informação sobre a morte de Gugu.

Reinaldo Azevedo, tão cioso que é com a veracidade do que noticia, errou?

Lembrei da lição de Erialdo Pereira, meu editor chefe durante quase duas décadas na TV Cabo Branco: no jornalismo, não devemos ser açodados.

Com morte, então, é que não devemos mesmo!

“Matar” quem está vivo é imperdoável.

O SBT “matou” o governador Antônio Mariz na noite da sexta-feira 15 de setembro de 1995, e ele só morreu na noite do sábado 16 de setembro.

Noticiar errado? É melhor não noticiar – ouvíamos sempre de Erialdo Pereira.

As redes sociais estão cheias de irresponsáveis escrevendo o que querem escrever. Compromisso com a verdade? Zero!

No jornalismo, continua valendo a lição do meu editor: nada de açodamento.

No final do programa, Reinaldo Azevedo mandou um recado aos que quiserem atribuir a ele o desejo de dar furo com um assunto como a morte de uma pessoa. Não é o seu estilo.

Gugu Liberato morreu?

Reinaldo Azevedo foi açodado?

Reinaldo Azevedo “matou” Gugu Liberato?

Aguardemos as próximas notícias.