Duas canções botaram Angela Davis no radar de muita gente

Angela Davis veio a São Paulo pela primeira vez.

É uma admirável ativista pop em escala planetária.

A luta contra o racismo, a defesa do feminismo,  problemas da população carcerária, a causa LGBT – tudo isso está na sua agenda.

Angela Davis agora tem 75 anos.

Tinha 30 quando comecei a prestar atenção nela.

Em Angela, observei a força do ativismo e a sua beleza.

Em 1972, duas canções botaram Angela Davis no radar de muita gente.

Em seu disco Some Time in New York City, o casal John Lennon e Yoko Ono gravou uma balada que tinha o nome da ativista.

No álbum Exile on Main Street, os Rolling Stones chamaram Angela de Sweet Black Angel.

O doce anjo negro.

Rock e política caminhando juntos.

Na balada de John & Yoko.

Na canção country dos Rolling Stones.

Não é por acaso que acho estranho gente que admira Beatles e Rolling Stones votando em candidatos da extrema direita.

São coisas incompatíveis.