Todo mundo nu com Antunes Filho. O que diriam os bolsominions?

O diretor de teatro Antunes Filho morreu nesta quinta-feira (02) à noite em São Paulo.

Tinha um câncer de pulmão em estado avançado descoberto recentemente.

Antunes, de 89 anos, era um dos maiores nomes do teatro brasileiro, respeitado por seu extraordinário talento e por sua imensa ousadia.

O paulistano Antunes Filho veio do Teatro Brasileiro de Comédia, o fundamental TBC, mas rompeu com este. Fundou a sua própria companha, o Pequeno Teatro de Comédia.

Antunes fez teatro desde a juventude, mas seu trabalho só conquistou dimensão nacional quando já tinha quase 50 anos. Foi no final da década de 1970 com a aclamada montagem de Macunaíma.

Em seguida, vieram Nelson Rodrigues e Shakespeare, num Romeu e Julieta com as canções dos Beatles.

Antunes Filho formou gerações de atores e atrizes que hoje vemos no teatro, no cinema e na televisão.

Macunaíma, o livro de Mário de Andrade, é do final dos anos 1920.

Macunaíma, o filme do cinemanovista Joaquim Pedro de Andrade, é da segunda metade da década de 1960.

Macunaíma, a peça de Antunes Filho, é do final dos anos 1970.

O espetáculo foi um sucesso absoluto de público e crítica.

O governador da Paraíba era Tarcísio Burity, um intelectual de direita e homem de grande erudição.

Pois bem, sob o patrocínio do Estado, ele quis trazer Macunaíma para o nosso Teatro Santa Roza.  Achou que era importante para a política cultural do seu governo. E o fez.

Atores e atrizes atuavam nus. Não tinha problema algum. O trabalho de Antunes era absolutamente extraordinário.

Eu vi! Com o teatro lotado!

Foi inesquecível!

*****

Antunes Filho morreu num momento triste para a produção cultural brasileira.

Como a extrema direita, que chegou ao poder com 58 milhões de votos, reagiria à nudez de tantos homens e mulheres em cima de um palco?

Chamaria de marxismo cultural?

Escandalizado com aquilo tudo, o presidente postaria uma cena do espetáculo nas redes sociais e lamentaria num brado em defesa da família brasileira?

E o que diriam os bolsominions que exibem truculência e imbecilidade nas redes sociais?

Ah!, esses jamais suportariam o Macunaíma de Antunes Filho!