Mais Cultura 5:38

FHC seria justo com a história de FHC se apoiasse Haddad

Fernando Henrique Cardoso com Lula. Os dois juntos, panfletando.

A velha foto fala sobre o papel que eles desempenharam na construção da democracia brasileira.

As paixões partidárias tentam negar, mas eles desempenharam, sim. Assim como seus partidos, o PSDB e o PT.

Pena que a cegueira de um lado impeça a visão do que há no outro lado. A política feita como se religião fosse impede.

O PT demonizou Fernando Henrique.

O PT errou ao demonizar Fernando Henrique.

Fernando Henrique é um democrata, um pensador do Brasil. Com os erros e os acertos dos homens que fazem política. Orgulho-me de ter votado nos dois. No Fernando Henrique de 1994. No Lula de 2002.

Li com grande interesse a entrevista de Fernando Henrique Cardoso no último final de semana.

Tem as razões dele. As críticas dele. As suas resistências ao PT que hoje disputa o segundo turno da eleição presidencial. Devemos ouvi-lo.

Há uma porta que pode levar Fernando Haddad a Fernando Henrique. Está dito pelo ex-presidente.

O bom era que fosse uma porta que não se abrisse só na hora em que um precisa do apoio eleitoral do outro.

O ideal era que fosse uma porta permanentemente aberta para o fortalecimento da democracia brasileira.

Muitos esperam gestos dos dois nesse momento tão grave da vida nacional.

Não sei o que acontecerá, mas continuo pensando que Fernando Henrique Cardoso faria justiça à história de Fernando Henrique Cardoso se apoiasse Haddad.