Os melhores CDs brasileiros de 2017 são muitos. Veja a lista

A música brasileira anda mal.

A qualidade do que é produzido é baixa.

O CD está acabando.

As queixas – pertinentes ou não – são muitas.

Mas, a despeito de tudo o que se diz de negativo, o ano de 2017 foi cheio de discos muito bons.

Hoje, faço uma lista de títulos que ouvi com grande interesse ao longo do ano que está terminando.

Alguns (ainda dá tempo!) podem ficar como sugestões para o amigo secreto.

ELES

Caravanas, Chico Buarque

Mano Que Zuera, João Bosco

No Mundo dos Sons, Hermeto Pascoal e grupo

Danilo Caymmi Canta Tom Jobim, Danilo Caymmi

Cauby Canta Dick Farney, Cauby Peixoto

Mr. Bossa Nova, Quarteto do Rio

ELAS

Caipira, Mônica Salmaso

Estratosférica ao Vivo, Gal Costa

Palavra e Som, Joyce

Laila Garin e A Roda, Laila Garin

Jobim 90, Fernanda Cunha

As Canções de Roberto e Erasmo, Ângela Maria

ENCONTROS

Sintetizamor, João Donato e Donatinho

Invento +, Zélia Duncan e Jaques Morelenbaum

Jobim, Orquestra e Convidados, Mário Adnet e Paulo Jobim

Dos Navegantes, Edu Lobo, Mauro Senise e Romero Lubambo

Acabou Chorare, Novos Baianos se Encontram, Novos Baianos

Omaggio a Jobim, Paula e Jaques Morelenbaum

Sem Mais Adeus, Francis e Olivia Hime

Tribalistas, Tribalistas

UM POUCO DE ROCK

Sinais do Sim, Os Paralamas do Sucesso

Baby Baby, Lulu Santos

NÓS, PARAIBANOS

Quem Vem Lá?, Pedro Osmar

Estado de Poesia ao Vivo, Chico César