Inteligência de Roberto Campos faz muita falta ao Brasil

Um breve registro:

Nesta segunda-feira (17), faz 100 anos que Roberto Campos nasceu.

Em seu tempo, o liberal apelidado de Bob Fields era odiado pela esquerda. Mas era uma das grandes inteligências brasileiras, um intelectual brilhante, desses que nos fazem muita falta.

Em sua coluna no G1, Hélio Gurovitz lembra que Campos soube enxergar as ameaças do totalitarismo, fosse de esquerda, fosse de direita.

“Sua formação econômica o mantinha distante das ideologias utópicas”, diz o articulista.

Ainda Gurovitz: os cinco “ismos” contra o quais Roberto Campos lutou – nacionalismo, protecionismo, estatismo, corporativismo, patrimonialismo.