Telenovela brasileira faz 65 anos. Quais as melhores?

A telenovela brasileira está fazendo 65 anos.

Houve um tempo em que era um produto menor, pouco respeitado. Não é mais. O gênero já deu todas as demonstrações de seus méritos.

Não há mais problema. Todos – incluindo os mais cultos – podem confessar que são noveleiros.

Minha primeira novela foi Redenção. Na infância. Francisco Cuoco era Dr. Fernando. Quem lembra?

redencao

Uma vez, quase 40 anos mais tarde, cruzei com o ator no corredor da TV Cabo Branco. Não resisti e falei:

Dr. Fernando!

Ele olhou, sorriu, apertou minha mão. E, para justificar o cumprimento, eu disse:

Redenção foi minha primeira novela!

A Veja traz listas das melhores novelas de todos os tempos. Resolvi fazer a minha. Não coloquei Velho Chico, que tanto me impressionou, por dois motivos: não vi toda e ainda é muito recente. Distanciamento é bom para essas avaliações.

Segue a minha lista:

Redenção

De Raimundo Lopes. TV Excelsior. 1966/1968.

Antônio Maria

De Geraldo Vietri e Walter Negrão. TV Tupi. 1968/1969.

aracy-balabanian-e-sergio-cardoso

Gabriela

De Walter George Durst. TV Globo. 1975.

O Casarão

De Lauro César Muniz. TV Globo. 1976

Escrava Isaura

De Gilberto Braga. TV Globo. 1976/1977.

escrava-isaura

O Astro

De Janete Clair. TV Globo. 1977/1978.

Dancin’ Days

De Gilberto Braga. TV Globo. 1978/1979.

Roque Santeiro

De Dias Gomes. TV Globo. 1985/1986.

Vale Tudo

De Gilberto Braga e Aguinaldo Silva. TV Globo. 1988/1989.

Que Rei Sou Eu?

De Cassiano Gabus Mendes. TV Globo. 1989.

Pantanal

De Benedito Ruy Barbosa. TV Manchete. 1990.

Laços de Família

De Manoel Carlos. TV Globo. 2000/2001.

lacos-de-familia