Juiz condenado por cancelar audiência de agricultor que usava chinelo

O caso ganhou repercussão nacional em 2007. Aconteceu no Fórum Trabalhista de Cascavel, Paraná, onde o juiz Bento Luiz de Azambuja Moreira cancelou audiência porque o trabalhador rural Joanir Pereira usava chinelo de dedos. Quase dez anos depois, o juiz foi condenado pelo que fez.

LEIA MAIS

TJ dá porte de arma para motorista ser também guarda-costa de desembargador

(Foto: Ilustração/Instituto Defesa)

Motoristas de desembargadores e de juízes e vigilantes do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB), incluindo os dos fóruns e outros órgãos do Poder Judiciário Estadual, serão autorizados a portar armas de fogo durante o exercício de suas funções.

LEIA MAIS

Juiz diz agora que não desconhece experiência de Virgolino

Rebelião em Alcaçuz deixou, pelo menos 26 mortos (Foto: Fred Carvalho)

O juiz Henrique Baltazar, da Vara de Execuções Penais do Rio Grande do Norte, usou sua página pessoal no Facebook para fazer críticas a gestão penitenciária no Estado, mas após a repercussão do primeiro post, Baltazar voltou às redes sociais e explicou que não se referia ao delegado paraibano  Walber Virgolino. LEIA MAIS

Carnificina em Alcaçuz: juiz critica ‘inexperiência’ de delegado paraibano

Virgolino já exerceu cargo semelhante na Paraíba (Foto: falarn)

O juiz Henrique Baltazar, da Vara de Execuções Penais do Rio Grande do Norte, não vê no delegado de Polícia Civil Wallber Virgolino a pessoa mais indicada para o cargo de Secretário de Justiça do Estado. A inexperiência do policial paraibano teria ficado patente neste final de semana diante da carnificina entre gangues do presídio de Alcaçuz.  LEIA MAIS

Procurador paraibano vai integrar Tribunal do Mercosul

Marcílio Franca irá integrar Tribunal do Mercosul até 2018 (Foto: Ascom/TCE-PB)

O paraibano Marcílio Toscano Franca Filho vai integrar o Tribunal Permanente de Revisão do Mercosul (TPR) até 17 de dezembro de 2018. Marcílio Franca é procurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da Paraíba e também professor da pós-Graduação em Relações Internacionais da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).  LEIA MAIS

Advogada diz que falta de nordestino no STF pesou na decisão contra vaquejada

marina-gadelha-3

Professora de Direito Ambiental e presidente da Comissão Nacional de Direito Ambiental da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da qual também é conselheira federal, a advogada paraibana Marina Gadelha (foto) entende que o Supremo Tribunal Federal (STF) confundiu hábito com tradição ao decidir quinta-feira passada (40) contra uma lei estadual cearense que regulamentava a vaquejada como esporte e atividade cultural. Pesou também na decisão, acredita ela, o fato de o STF não contar em sua composição atual com um ministro de origem nordestina.

LEIA MAIS

Vaquejada: polêmica acirrada na Internet e redes sociais

vaqueiros-by-pvc

Decisão do juiz Max Nunes de França, de Campina Grande, liberando a realização da tradicional Vaquejada do Parque Maria da Luz, que começa hoje (13) e termina domingo (16) em Massaranduba, aumentou ainda mais a polêmica em torno de eventos como esse. Ao ponto de opiniões pró e contra chegarem a extremos até na forma de interpretar, por exemplo, gravuras como as reproduzidas acima.

LEIA MAIS

Portaria ‘revoga’ pena de ex-juiz. MP deve pedir esclarecimentos ao TJ

portaria-tj-jose-edivaldo-2

Portaria de 2014 que aplicou a pena de aposentadoria compulsória ao juiz José Edvaldo Albuquerque de Lima, de João Pessoa, foi retificada hoje (11) por uma nova portaria (reproduzida acima) do desembargador Marcos Cavalcanti, presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB). Agora, o ex-magistrado terá direito a uma aposentadoria por tempo de contribuição.

LEIA MAIS

Na Paraíba todos são iguais perante a lei. A lei dos bandidos

(Ilustração: montagem no Instagram/G1PB)

(Ilustração: montagem no Instagram/G1PB)

Pelo menos de uma coisa na Paraíba há certeza de que é realmente socializada e bem distribuída por todas as classes sociais. Trata-se da consolidada, continuada e crescente violência que iguala todos os paraibanos. Sem distinção de cor, sexo, credo ou renda. Aqui, o crime não poupa rico ou novo rico, abastado ou remediado. Não poupa, principalmente, pobres e miseráveis.

LEIA MAIS

Internet será decisiva na eleição, diz juiz da propaganda na Capital

eleições 2016 logo tse

O juiz José Ferreira Ramos Júnior, responsável pela propaganda de mídia da campanha eleitoral da Capital, disse hoje (16) à rádio CBN João Pessoa que a Internet será decisiva nas eleições deste ano e deverá favorecer aqueles candidatos que melhor utilizarem a rede mundial de computadores como ferramenta de divulgação, principalmente a partir das redes sociais.

LEIA MAIS