Partidários de Ricardo exibem documento no qual ele proíbe gastos com evento em Monteiro

Lula, Dilma e Ricardo em Monteiro (Foto: Imagem/TVT)

Partidários e seguidores do governador Ricardo Coutinho desmentiram ontem (19), exibindo documento oficial, que o Governo do Estado tenha usado qualquer quantia dos cofres públicos para patrocinar o evento com Lula e Dilma realizado no domingo, em Monteiro.

LEIA MAIS

Reinauguração popular da Transposição leva pelo menos 20 mil pessoas a Monteiro

Lula em Monteiro (Foto: Diogo Oliveira)

Com Lula e Dilma presentes, a reinauguração popular da obra da Transposição em Monteiro reuniu neste domingo (19) uma multidão estimada em 20 mil pessoas, segundo cálculos dos mais ponderados, ou mais de 50 mil, na conta dos participantes mais entusiasmados.

LEIA MAIS

PT anuncia alterações na programação de Lula e Dilma em Monteiro

A Secretaria de Organização do Partido dos Trabalhadores (PT) divulgou na tarde desta sexta-feira (17) alterações na programação dos ex-presidentes Lula e Dilma em Monteiro, no domingo (19), quando os dois participarão do que chamam de inauguração popular da Transposição.

LEIA MAIS

Quando governador, Cássio enfrentou má vontade de Pernambuco com a Transposição

Se algum dia, quando superintendente da Sudene (1992-94), o hoje senador Cássio Cunha Lima (PSDB) desqualificou ou duvidou da viabilidade da transposição do Rio São Francisco, quando governador do Estado – como mostra o recorte acima – ele parece ter se redimido completamente.

LEIA MAIS

Lula pode receber domingo o título de Cidadão Paraibano proposto por tucano

Lula em visita às obras da Transposição em 2009 (Foto: Ricardo Stuckert/PR)

Se o ex-presidente Lula vier à Paraíba no próximo domingo (19) para visitar o Eixo Leste da Transposição em Monteiro, poderá receber o título de Cidadão Paraibano que lhe conferido pela Assembleia Legislativa do Estado por iniciativa do então deputado Zenóbio Toscano (PSDB), atual prefeito de Guarabira pelo mesmo partido.

LEIA MAIS

Ministro paraibano ouvirá mais dois da Odebrecht que podem complicar Temer e Dilma

Herman Benjamin, relator da ação que pode cassar Dilma e Temer no TSE (Foto: TSE)

O ministro corregedor-geral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o paraibano Herman Benjamin, decidiu ontem (23) ouvir o depoimento de mais dois executivos da Odebrecht, além dos três já definidos na quarta-feira (22), no processo de cassação da chapa de Dilma Rousseff e de Michel Temer que tramita na Corte.

LEIA MAIS

Paraibano relator de ações contra Dilma-Temer só pauta julgamento em 2017

As ações que denunciam irregularidades na campanha de Dilma Rousseff e de Michel Temer para presidente e vice-presidente da República somente poderão ser julgadas no início de 2017, logo após o recesso do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Se condenada a chapa, o atual presidente será deposto e o Congresso Nacional convocado a eleger um substituto ou substituta para o cargo.

LEIA MAIS

Fátima e Bonner ‘ganham’ do impeachment

Fátima Bernardes e William Bonner (Foto: Globo.com)

(Foto: Globo.com)

(Foto: Globo.com)

(Foto: Globo.com)

Se brasileiro vaia minuto de silêncio e conta piada em velório, nada mais natural o impeachment de uma Presidente da República rivalizar e até perder em alguns momentos, nos medidores de interesse do público, para assuntos que não deveriam ser do interesse público. O fim do casamento de Fátima Bernardes e William Bonner, por exemplo.

LEIA MAIS

Paraibano será relator de ação que pode cassar Dilma e Temer

Herman Benjamin recebeu homenagem no Palácio da Redenção no último dia 11 (Foto; SecomPB)

Herman Benjamin recebeu homenagem no Palácio da Redenção no último dia 11 (Foto: SecomPB)

O ministro Herman Benjamin, paraibano de Catolé do Rocha, dos quadros do Tribunal Superior de Justiça (STJ) que recentemente assumiu cadeira no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), será o relator da Ação que pede a cassação dos mandatos de Dilma Rousseff e Michel Temer.

LEIA MAIS

‘Resistência ao Golpe’ amanhã à noite na UFPB

capa do livro resistência ao golpe

Ricardo Coutinho, governador do Estado, Lindbergh Farias, paraibano que é senador do PT pelo Rio de Janeiro, e Eugênio Aragão, Procurador da República e ex-ministro da Justiça, além do deputado federal Waldih Damous (PT-RJ), ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), são algumas das ‘estrelas’ aguardadas amanhã à noite na Universidade Federal da Paraíba, Campus de João Pessoa, para o lançamento do livro ‘A Resistência ao Golpe de 2016’. O evento terá ainda um debate sobre o momento político por que passa o país. Será realizado a partir das 19h no auditório do Centro de Ciências Jurídicas (CCJ) .

LEIA MAIS