Quando governador, Cássio enfrentou má vontade de Pernambuco com a Transposição

Se algum dia, quando superintendente da Sudene (1992-94), o hoje senador Cássio Cunha Lima (PSDB) desqualificou ou duvidou da viabilidade da transposição do Rio São Francisco, quando governador do Estado – como mostra o recorte acima – ele parece ter se redimido completamente.

LEIA MAIS

Demora do TRE em julgar Ricardo joga a sorte da Paraíba no colo da Assembleia

(Fotomontagem: Arquivo/EBC)

(Fotomontagem: Arquivo/EBC)

Com o recesso de fim de ano cada vez mais próximo e cada vez mais distante a chance de o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) julgar ainda este ano qualquer processo com potencial para cassar o governador Ricardo Coutinho e a vice-governadora Lígia Feliciano, a partir da virada do ano o senador Cássio Cunha Lima somente terá possibilidades de voltar ao Governo do Estado pela via indireta.

LEIA MAIS

Lista da Odebrecht volta a assombrar políticos de todo o Brasil e da Paraíba

Marcelo Odebrecht, ao lado do indefectível 'Japonês da Federal', encabeça a 'Delação do Fim do Mundo' (Foto: O Globo)

Marcelo Odebrecht, ao lado do ‘Japonês da Federal’, encabeça a ‘Delação do Fim do Mundo’ (Foto: G1)

Nos dois últimos dias, voltou a assombrar alguns dos mais destacados expoentes de governo e oposição no país a famosa ‘Lista da Odebrecht’, divulgada inicialmente em meados de março deste ano. Desde ontem (25), porém, arquivos do listão, republicado pelo portal Congresso em Foco, rodam nas redes sociais e mostram cerca de 300 nomes – entre os quais quatro da Paraíba – como supostos beneficiários de propinas disfarçadas de doações a campanhas eleitorais.

LEIA MAIS

Ricardo ‘venceu’ na maioria das cidades de porte médio

Cássio 'ganhou' nos dez maiores e Ricardo, nos intermediários (Foto: Arquivo/G1)

Cássio ‘ganhou’ nos dez maiores e Ricardo, em 25 dos 46 intermediários (Foto: Arquivo/G1)

Por suas posições estratégicas nas meso e microrregiões do Estado, os 46 municípios listados na tabela abaixo, a partir de Bananeiras, têm reconhecida influência geopolítica, digamos, no interior da Paraíba. Tanto sobre 156 outros de pequeno porte como sob os nossos dez maiores colégios eleitorais. Com base nesse critério, de exclusiva responsabilidade do blogueiro, podemos dizer que o governador Ricardo Coutinho (PSB) ‘venceu’ na maioria das cidades de porte médio nas eleições municipais deste ano, realizadas no domingo (2).

LEIA MAIS

Ricardo perdeu na pesquisa e na urna, mas Cássio não pode cantar vitória

Romero e Cartaxo: os grandes vitoriosos. Dessa vez, sem grandes eleitores (Foto: Arquivo/Pensamento Múltiplo)

Romero e Cartaxo, vitórias por méritos próprios (Foto: Arquivo/Pensamento Múltiplo)

Os adversários podem até dizer que Ricardo Coutinho (PSB) foi o grande perdedor das eleições municipais deste domingo (2), por conta da derrota dos candidatos a prefeito que apoiou em oito dos dez maiores colégios eleitorais da Paraíba, que somados detêm 42% do eleitorado da Paraíba. Em compensação, o maior ‘inimigo’ do atual governador, Cássio Cunha Lima (PSDB), não pode sair por aí cantando vitória e levando o crédito por vitórias de correligionários ou aliados em João Pessoa, Campina Grande, Santa Rita, Patos, Cajazeiras, Bayeux, Cabedelo e Guarabira.

LEIA MAIS

Sobe para o TSE recurso de Cássio contra absolvição de Ricardo no TRE

tre consulta processual

Com quase dois meses de atraso, seguiu finalmente ontem para Brasília o recurso da coligação liderada pelo senador Cássio Cunha Lima (PSDB) contra decisão do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) que absolveu por unanimidade o governador Ricardo Coutinho de acusações de uso da máquina do Estado para se reeleger em 2014.

LEIA MAIS

TRE decide agravo de Ricardo em um minuto

Harrison Targino: "celeridade olímpica" (Foto: Secom Paraíba)

Harrison Targino: “celeridade olímpica” (Foto: Secom Paraíba)

A proverbial morosidade do Judiciário brasileiro vira fumaça e o trâmite de determinados recursos é impulsionado com ‘celeridade olímpica’ no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) quando a urgência interessa ao governador Ricardo Coutinho (PSB). É o que afirma o advogado Harrison Targino em petição protocolizada na terça-feira (26) , dirigida à Corregedoria do órgão em nome da Coligação ‘A Vontade do Povo’, que disputou o Governo do Estado em 2014 tendo como cabeça de chapa o senador Cássio Cunha Lima (PSDB).

LEIA MAIS

Envio de PMs ao Rio revolta internautas

meme contra pmpb nas olimpíadas

Indignados com a onda de violência no Estado, particularmente com os assaltos a pessoas, bancos e estabelecimentos comerciais, internautas se juntaram à oposição ao governador Ricardo Coutinho para condenar na web e redes sociais a cessão de 110 membros da Polícia Militar da Paraíba para reforçar a segurança dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro.

LEIA MAIS

Cássio: “Ricardo tem obsessão por mim”

(Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

(Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

Sobre a declaração do governador Ricardo Coutinho ao Jornal da Paraíba, na qual se refere ao “ódio da velha aliança” que seria a união do PMDB com o PSDB da Paraíba para apoiar a reeleição do prefeito Luciano Cartaxo (PSD), de João Pessoa, o senador Cássio Cunha Lima (foto), líder do PSDB no Senado, distribuiu nota na tarde desta quarta-feira (27) em que afirma que o adversário “tem obsessão por minha pessoa”.

LEIA MAIS

Cássio perde aliados históricos no interior

edivaldo leite 2

Edivaldo Leite, de Piancó

Por não aceitar a participação de correligionários ou aliados de outros partidos em chapas encabeçadas por candidatos a prefeito que apoiem o governador Ricardo Coutinho (PSB), hoje seu principal adversário na Paraíba, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) perdeu esta semana dois aliados históricos do ronaldismo e do próprio cassismo em cidades de peso eleitoral e político no interior do Estado.

LEIA MAIS