TJ pode sequestrar mais de R$ 110 milhões do Estado para pagar precatórios

Processo aguarda decisão do presidente Joás Filho desde o dia 2 (Foto: Arquivo/JP)

Na semana em que anuncia investimentos de mais de R$ 500 milhões em obras e três dias depois de repassar R$ 120 milhões para ‘integralizar’ capital de sócio majoritário da Cagepa, o Governo do Estado pode ter mais de R$ 110 milhões de suas contas sequestrados para o pagamento de precatórios em atraso.

LEIA MAIS