Critério da Aesa ameniza gravidade da escassez de água na Paraíba

A régua da Aesa-PB (Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba) faz a crise hídrica no Estado parecer bem menor quando o Instituto Nacional do Semiárido (Insa) usa o mesmo instrumento para medir o tamanho do problema. Pelos critérios da Aesa, um açude atinge situação crítica quando tem menos de 5% de água. Segundo o Insa, de 10% pra baixo

LEIA MAIS