Sebrae financia oito projetos da Paraíba que inovam tecnologia da informação

Solenidade no Sebrae-PB homologou contratos com empresas selecionadas (Foto: Ascom/Sebrae-PB)

Oito micro e pequenas empresas paraibanas foram selecionadas pelo Sebrae Nacional e celebraram contratos na última sexta-feira (16) para execução de projetos inovadores na área de tecnologia da informação e comunicação. Juntas, representam um investimento de quase R$ 1 milhão em sistemas que cuidam de diversas aplicações e usos, de inteligência energética a programas de computador que transformam texto em áudio de alta qualidade.

O Sebrae homologou os contratos de financiamento na sexta, em solenidade realizada na sede de sua unidade estadual, no Bairro dos Estados, com as seguintes empresas e respectivos projetos: Lumenbox (projeto Livros Mágicos); Sinapse Virtual Tecnologia e Serviços (projeto Sinapses na escola), E-Gen Consultoria para Informática (plataforma de controle de processo), Smartiks Tecnologia da Informação (inteligência energética), Indie Cine Distribuição e Exibição Cinematográfica (projeto cine On Demand), Ditando Serviços em Tecnologia da Informação (plataforma para conversão de texto em áudio de alta qualidade), Uppfly do Brasil Consultoria em Tecnologia da Informática (Upplifarm Pecuária de Precisão) e Kaztor Tecnologia e Serviços (vitrine do ofertas para materiais de construção na nuvem).

Os projetos selecionados atenderam ao Edital de Inovação do Sebrae Nacional. Segundo nota distribuída hoje (19) à imprensa pelo Sebrae-PB, a Paraíba foi o estado que mais aprovou projetos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste e ficou em 6º lugar no ranking nacional.

“Estamos em um momento econômico que é essencial sermos competitivos e inovadores. Aqui na Paraíba temos um potencial humano muito forte e fico orgulhoso do nosso Estado ter aprovado tantos projetos. Tenho certeza que a execução desses projetos trarão retorno para nossa região”, destacou o superintendente do Sebrae Paraíba, Walter Aguiar durante o evento do qual participaram também empresários e representantes do Senai, Fundação Parque Tecnológico, Fundação de Apoio Tecnológico (Funatec) e Atecel – Associação Técnica Ernesto Luiz de Oliveira, de Campina Grande.

“O edital contemplou as empresas selecionadas com subsídio de até R$120 mil para cada uma e elas terão um prazo de até 24 meses para executarem seus projetos. Cada empresa inovadora contará com o apoio de uma entidade de Ciência, Tecnologia e Inovação (Senai, Parque Tecnológico, Funatec e Atecel) para executar as ações propostas no projeto”, detalha o Sebrae, lembrando que foram inscritos 23 projetos da Paraíba no edital nacional.

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *