Eixo Leste foi inaugurado sem duas estações de bombeamento e sem sistema de controle

A revelação foi feita ontem (17) pelo Professor Francisco Sarmento (foto), em resposta a uma série de dúvidas e questões encaminhadas pelo blog acerca da efetividade do projeto de Transposição do Rio São Francisco via Eixo Leste, inaugurado formalmente no último dia 10 pelo Governo Federal.

Doutor em Engenharia Civil e ex-secretário estadual de Recursos Hídricos por duas gestões, Sarmento confirmou que não foram concluídas as duas últimas estações de bombeamento (5 e 6) do Eixo Leste e revelou que a água festejada na ‘inauguração’ chegou à Paraíba graças a um arranjo.

“Faz-se necessário que sejam concluídas as estações de bombeamento 5 e 6, pois a água na inauguração não passou por elas: foi feito um ‘by-pass’ com as bombas emprestadas pelo governo de São Paulo, que precariamente fizeram o papel dessas duas estações inconclusas na encenação do dia 10”, disse Sarmento.

Membro do grupo de trabalho que formatou o Projeto da Transposição no Governo Lula, ele alertou, de outro lado, que o Eixo Leste foi inaugurado também sem um sistema de operação e de controle automáticos que evite acidentes como transbordamento de canal ou estouro de barragem, a exemplo do que aconteceu nos últimos 15 dias.

“A verdade é que sequer foi licitado esse sistema, ou seja, o sistema que permite que o Eixo Leste funcione adequadamente: acionando ou desligando as bombas, fechando ou abrindo comportas nos momentos certos etc. Isso não pode ser feito manualmente sem o risco de acidentes como os ocorridos”, advertiu.

Os acidentes a que se referiu aconteceram na semana anterior ao ato de entrega simbólica da obra em Monteiro. Primeiro, o arrombamento da barragem Barreiro, naquele município, ao que tudo indica, acredita Sarmento, por deficiência na construção (“compactação inadequada do solo constitutivo da ‘parede’ da barragem”, explica).

O segundo acidente, no mesmo período, consistiu em um grande transbordamento do canal após a barragem de Copiti (uma das 11 que compõe o sistema do Eixo Leste). “Foi esquecida uma comporta aberta no canal, resultando em transbordamento e perda de grande volume de água ao longo de cerca de 30 km de canal”, informou.

Francisco Sarmento considera, enfim, que do ponto de vista técnico – “e na melhor das hipóteses” – o acionamento do Eixo Leste da transposição ocorrido no último dia 10 “pode ser visto como um teste corriqueiro de um sistema hidráulico ainda inacabado”.

5 Comente Eixo Leste foi inaugurado sem duas estações de bombeamento e sem sistema de controle

  1. E aí! Como é que ficam estas obras depois do que estamos a ler das palavras do Dr. Sarmento, Ex-Secretário de Estado dos Recursos Hídricos e membro do Grupo de estudos desta Transposição. Prestem bem atenção para o alerta que ele está dando, quando acidentes aconteceram com barragens construídas, que romperam ao lado do barramento de seu sangradouro, demonstrando um erro primário dos que a construiram. Bombas que dão defeito, quando feito o seu acionamento. Ora, eram bombas que já estavam cansadas pelo uso do bombeamento da grande seca qaue assolou São Paulo. Nem foi feita uma avaliação desta bomba para se ver se ela suportaria a pressão. Resultado: Pifou logo no dia anterior da pretensa inauguração e abertura das comportas para descida da água. E se houver um acidente de maiores proporções, como fica? Abram bem os olhos para o que avisa e alerta o Dr. Sarmento. Acredito que aquela inauguração foi feitas às pressas para agradar a Presidente Temmer, uma vez que o mesmo tem um medo danado de vir à Paraíba, pois adiou sua vinda umas seis vezes. Precisou muita bajulação e Deputados e Senadores o acompanharem no seu vôo para que ele não se perdesse no caminho à Paraíba. O que quero ver é se ele deixar o governo, se lá com ele estão estes que dão polimento até no seu sapato. Afinal, por que tanta bajulação? É……, existem alguns políticos que andam com certo temos da Lava Jato. A caneta de Moro não alisa ninguém. Aproveitem a boa vontade de Temer, pois ele ainda suporta estes políticos de última hora porque precisa do voto deles para aprovar suas reformas anti-populares.

    • Newton Mota Disse:

      Edilson, discordo em parte de tuas assertivas. Mais de 1(UM) MILHÃO E MEIO de pessoas aguardam a chegada da água na região metropolitana de Campina Grande. Temos pressa, sim ! As águas haverão de chegar no máximo até agosto, e se isto não acontecer, Campina Grande estará diante de uma das maiores tragédias anunciadas havia mais de 4(quatro) anos.
      Estou envergonhado com essa de se inaugurar chegada d’agua. Somente a educação transformadora e libertadora nos libertará. Libertará o Nordeste destes que são os piores tipos, as piores facetas da escravidão moderna, o falso alfabetismo, o analfabetismo, a ignorância( a desinformação). Em pleno século XXI, políticos que se diziam e ainda se proclamam de “esquerda”, manipulam as massas e transformam Monteiro na mais nova Sucupira do Brasil, prática que eles mesmos combatiam. É risível ! Já esqueceram, e a ignorância é cruel, que o agora São Lula que aí está, é o mesmo que em 2008 realizou na porrada a reforma da previdência e obrigou os aposentados a recolherem as contribuições previdenciárias, criando uma situação inusitada no Mundo, ou seja um aposentado ser obrigado a continuar contribuindo. Dá prá dormir com um barulho desses ?!

  2. Newton Mota Disse:

    Rubão, o improviso, creio, é justificável em face da urgência de se fazer chegar água em Campina Grande. São mais de hum milhão de pessoas a espera da água do velho chico. Agora, inaugurar chegada d’agua chega a ser risível, seja por quem for ou foi, ou seja por quem for nomeado pai da criança. Ainda mais com dinheiro público. A nova Sucupira !?

  3. Quem pagou pela reportagem na véspera da chegada do pai dos bocós

    • Newton Mota Disse:

      Amigo, somente a educação transformadora e libertadora nos libertará. Libertará o Nordeste destes que são os piores tipos, as piores facetas da escravidão moderna, o falso alfabetismo, o analfabetismo, a ignorância. Em pleno século XXI, políticos que se diziam e ainda se proclamam de “esquerda”, manipulam as massas e transformam Monteiro na mais nova Sucupira do Brasil, prática que eles mesmos combatiam. É risível !

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *