MP encontra irregularidades em academias de ginástica de João Pessoa

Com apoio da Gerência de Vigilância Sanitária de João Pessoa (GVS), do Corpo de Bombeiros, da Polícia Civil e do Conselho Regional de Educação Física da 10ª Região, que abrange os estados da Paraíba e Rio Grande do Norte, o MP-Procon deflagrou hoje (17) uma operação de fiscalização em academias de ginástica de João Pessoa.

“Já foram encontradas algumas irregularidades em alguns estabelecimentos e, até agora, uma pessoa foi conduzida à delegacia para prestar esclarecimentos”, informou no começo da tarde a Assessoria de Comunicação do Ministério Público da Paraíba (MPPB), acrescentando que foram mobilizadas três equipes para visitas simultâneas às academias ‘Selfit’ (Shopping Mangabeira); ‘Flipper’ (Bancários); ‘Up’ (Manaíra) e ‘Fórmula’, ‘Korpus’ e ‘Dinâmica’, essas três do bairro do Bessa.

Entre as supostas irregularidades encontradas, o MP cita a presença de um estagiário atuando como profissional na Up. O estudante foi conduzido a uma Delegacia de Polícia (não revelou qual) para prestar depoimento. Na Dinâmica, uma visualização inadequada da “Lei do Personal Trainer”, a recomendação conjunta 01/2017 expedida pelo MP-Procon e cartazes sobre os malefícios causados pelo uso de anabolizantes.

“A inadequação quanto à visibilidade de documentos também foi encontrada na academia ‘Flipper’, que, além disso, recebeu um auto de infração pela ausência de desfibrilador. Na ocasião, o Cref-PB lavrou um auto de infração por constatar que a carteira do conselho do coordenador técnico da academia estava vencida. Documentos da academia também estavam vencidos desde 2006”, diz a nota do MP.

Já na academia ‘Selfit’, foi lavrado um auto de infração pelo MP-Procon por não constar o aparelho desfibrilador, como determina uma lei estadual.

  • Com Ascom/MPPB

Comente MP encontra irregularidades em academias de ginástica de João Pessoa

  1. Robson Disse:

    E como fica a atuação dos que oferecem atividades físicas nas areias da praia de cabo branco, sem alvarás, licenças, impostos, fiscalizações, CREFs? Desfibrilador eu acho que nem os maiores shoppings daqui possuem. Ao invés de informar chegam autuando? Por que “perseguem” tanto um setor já tão sofrido? O segmento é um dos mais atingidos pela atual crise. Vamos fiscalizar e orientar ao invés de punir.

Comente

Não publicamos ofensas pessoais. O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *