Lista da Odebrecht volta a assombrar políticos de todo o Brasil e da Paraíba

Marcelo Odebrecht, ao lado do indefectível 'Japonês da Federal', encabeça a 'Delação do Fim do Mundo' (Foto: O Globo)

Marcelo Odebrecht, ao lado do ‘Japonês da Federal’, encabeça a ‘Delação do Fim do Mundo’ (Foto: G1)

Nos dois últimos dias, voltou a assombrar alguns dos mais destacados expoentes de governo e oposição no país a famosa ‘Lista da Odebrecht’, divulgada inicialmente em meados de março deste ano. Desde ontem (25), porém, arquivos do listão, republicado pelo portal Congresso em Foco, rodam nas redes sociais e mostram cerca de 300 nomes – entre os quais quatro da Paraíba – como supostos beneficiários de propinas disfarçadas de doações a campanhas eleitorais.

Os paraibanos citados são o senador Cássio Cunha Lima, o ex-senador Cícero Lucena e o prefeito Romero Rodrigues, de Campina Grande, todos do PSDB. Soma-se a esses o deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP). A lista em que aparecem os quatro políticos paraibanos volta ao noticiário porque o próprio Congresso em Foco republicou-a na quinta-feira (24), talvez para marcar o noticiário que dá conta do início dos procedimentos do Ministério Público Federal (MPF) para fechar, em Brasília, acordos de delação premiada com cerca de 80 executivos e ex-executivos da empreiteira.

Na primeira versão da ‘Lista da Obedebrecht’, publicada em 23 de março, a referência a Cássio é a sigla CCL-PB que encabeça a coluna de pretensos ‘parceiros históricos’ da construtora em quatro estados nordestinos. Além da Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas, Ceará e Maranhão. Na coluna ao lado dos ‘parceiros’, o valor unificado de R$ 500 mil para todos eles.

Em outra planilha em tese apreendida pela PF nos escritórios da empreiteira, o nome ‘Cássio’ aparece ao lado da quantia R$ 250 mil. Mas a única doação formal da Odebrechet a uma campanha do senador (a de 2014, a governador), com registro na Justiça Eleitoral, é de R$ 4.400. Mesmo assim, a grana foi doada originalmente ao então candidato a deputado estadual Tovar Correia LIma (PSDB), que repassou o dinheiro à campanha do então candidato a governador da Paraíba pelo PSDB.

Na mesma data (23 de março) em que as planilhas com os nomes de Cássio, Cícero, Romero e Aguinaldo foram amplamente replicadas na Paraíba, o senador confirmou ao portal Paraíba Online “que recebeu doações da empresa Odebrecht para sua campanha, mas ressaltou que essa doação aconteceu de forma totalmente legal”. Lembrou também que a doação foi devidamente registrada na sua prestação de contas junto à Justiça Eleitoral e aprovada. Na mesma entrevista, ele reafirmou seu apoio “ao trabalho da Operação Lava Jato e do juiz Sérgio Moro”.

Já o prefeito Romero Rodrigues, que teria recebido R$ 300 mil da Odebrecht, informou no mesmo dia ao Blog do Suetoni que iria colocar à disposição da Justiça o seu sigilo fiscal e telefônico e desafiou qualquer um a provar que ele de fato recebeu dinheiro da empreiteira para campanha.

O ex-senador Cícero Lucena, por seu turno, que aparece em planilha da Odebrecht como donatário de R$ 500 mil daquela empresa, disse não se lembrar se entrou dinheiro da empreiteira no caixa de sua campanha a prefeito Capital em 2012. Em 2014, não disputou qualquer mandato legislativo ou executivo. Admitiu, porém, que alguma doação possa ter sido feita via PSDB. Nesse caso, o partido “que responda”, disse ao colega Suetoni Souto Maior.

Presidente estadual do PP, Aguinaldo Ribeiro jamais se manifestou sobre a inclusão de seu nome na Lista da Odebrecht. Ele, contudo, dos quatro paraibanos citados é o único até aqui denunciado na Operação lava Jato ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

3 Comente Lista da Odebrecht volta a assombrar políticos de todo o Brasil e da Paraíba

  1. Aurélio Disse:

    Eu quero ver a delação dos 80 executivos! Cai muito mais

  2. Isto não é novidade que às construtora bancava campanha política para depois de ser eleito e cobra Obra para ser ressarcido do dinheiro que gastou nas campanhas isto acontece desde de 1980

  3. *** O brasileiro patriota não tem político corrupto de estimação e não agüenta mais tantos e$cândalos bilionários de corrupção que, juntamente com a retrógrada política do Pão & Circo, destruíram a economia do Brasil que levará mais de 20 anos para ser reconstruída.
    *** Os brasileiros mais politizados e esclarecidos e que não dependem de Bolsas e nem das benesses dos desgovernos já cansaram e estão tendo reações que poderão levar o Brasil a uma grave convulsão social que somente a forte atuação da Justiça poderá conter condenado todos esses corruptos independente de partido, ideologia ou Estado; ou caso contrário o exército deverá intervir para evitar uma guerra civil. – https://www.youtube.com/watch?v=SnWuy_JejeI – RESULTADO OFICIAL PLEBISUL 2016 – *** “Não aceitamos mais ser colônia de Brasília” – “Preferimos voltar a pertencer a Portugal do que pagar tão para continuar sendo brasileiro” – Celso Deucher
    *** Ou a Justiça cumpre o Artigo 5º da C.F.88 ou o Exército tomará conta; não temos outra saída a não ser a Justiça fazer Justiça. – http://www.florianomarques.com.br/site/index.php#videos&id=18
    *** O culpado maior é o povo eleitor que vota em políticos já processados (Cássio) e outros que até foram presos (Cícero- http://www.florianomarques.com.br/site/#noticia&id=76 ) e outro procurado pela Interpol e, outro que, para fugir de flagrante atira dinheiro pela janela e o povo incauto e desinformado elege e o político usa a prerrogativa do famigerado e ridículo foro privilegiado para procrastinar o processo e muitas vezes prescrever. – http://www.florianomarques.com.br/site/index.php#videos&id=19
    *** As Instituições e a Justiça fazem muito bem a sua parte, falta os eleitores também fazerem a sua parte ajudando a Justiça e a exemplar Lava Jato e o eleitor não votar em políticos corruptos. – http://www.florianomarques.com.br/site/arquivos/OAB-PB-06_CPIs_Cartel_escandalos_na_Paraiba_19-09-16.pdf
    ** A diferença dos eleitores de Lula e Dilma para os de Aécio e Temer é que os eleitores de Lula, Dilma e do PT, mesmo sabendo que o atuante MPF e a exemplar Lava Jato identificaram Lula como sendo o chefe da quadrilha, o povo idolatra Lula que usa os “movimentos sociais? para afrontar as Instituições, a justiça e a Lava Jato dando péssimo exemplo a todos os brasileiros e colocando em risco a nossa Democracia e o Pacto Federativo; enquanto os eleitores de Aécio e Temer dizem que se tiver culpa que a Justiça puna cumprindo o Artigo 5º da C.F.88, acabando com a impunidade dos políticos e ponto final.
    *** “Lava Jato faz denúncia ousada e acusa Lula de ser chefe da “propinocracia”- ELPAÌS – Dia 15.09.16. *** Delator confirma: Lula era o chefe da quadrilha do petrolão” – Veja – Dia 02.09.16.
    *** Se tiver que prender todos os 300 envolvidos que prendam, pois ninguém é insubstituível, mas a realidade é que o povo está enojado dessa história que começou em 2005 com o Mensalão do PT e ao invés de apoiar a Justiça, o povo alienado votou no PT e aliados e surgiu o maior e$cândalo de corrupção do mundo que é o e$cândalo bilionário do Petrolão do PT e, breve surgirá o e$cãndalo do BNDES que baterá recorde mundial. A corrupção destruiu a economia e hoje temos uma geração perdida no Brasil pois levaremos mais de 20 anos para reconstruir o Brasil.
    *** Esta semana os deputados se reuniram de madrugada para desfigurar o projeto contra corrupção que teve mais de 2.2 milhões de assinatura e, os políticos tentaram anistiar o caixa 2 ignorando essas assinaturas e a vontade do povo. Os políticos estão brincando com a paciência do povo.
    *** Repito: se um dia o Brasil sofrer alguma Intervenção Militar, os culpados serão os políticos que subestimam a inteligência e a paciência de milhões de brasileiros.
    *** Na hora de botarem a mão nos Recursos do Erário Públicos estão bem atentos, mas depois que são descobertos, dá amnésia em todos esses políticos que aprenderam com Lula a dizer que não viu nada, não sabe de nada, não lembra nem que tinha apartamento, chácara e dizem que é coisa das elites, da imprensa, da oposição, da Justiça e outros absurdos que o povo não engole mais e deu a resposta nas urnas quando o PT caiu de 3º para 10º partido em número de votos no Brasil e será extinto de vez pelo voto popular em 2018.
    *** “Advogados de Lula formalizam reclamação sobre atuação de Moro” – G1.globo – Dia 22.11.16.. – O objetivo de Lula é usar o cargo de ex-presidente e o povo incauto para escapar da condenação pelos processos na Lava Jato e no STF.
    *** Absurdo, ridículo e péssimo exemplo de um ex-presidente da República que ao invés de ser um aglutinador e conciliador do povo, aproveita a alienação política para usar esse povo contras as Instituições, a Justiça e a Lava Jato transformando o Brasil num País sem Lei denegrindo ainda mais a nossa péssima imagem no exterior.
    *** As causas desse péssimo exemplo de prepotência, arrogância e petulância de Lula é a violência generalizada no Brasil com clima de guerra civil. Pobre Brasil!!!
    *** Renan Calheiros quer intimidar juízes com nova lei, diz associação. –Folha – Dia 07.07.16- A Ajufe emitiu uma nota criticando duramente o anteprojeto de lei do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que pune abuso de autoridade. – – — O objetivo de Renan é usar o cargo e o Senado para escapar da condenação pelos 11 processos na Lava Jato e no STF.
    *** “Juízes protestam em SP contra projeto de lei que pune abuso de autoridade” – Agência Brasil – Dia 01.08.16. –
    *** O povo cansou de ver Lula, Renan, Collor, Sarney, Jucá, etc… subestimarem a inteligência e paciência de 200 milhões de brasileiros como se o povo fosse imbecil e marionete desses políticos.
    *** Não se brinca com sentimentos das pessoas e, principalmente quando as pessoas são esclarecidas e tem consciência de patriotismo e não são omissas ficando esperando a solução apenas da providência divina e sabem brigar por seus direitos de cidadania. – http://www.sullivre.org/
    Abraço – http://www.florianomaqrques.com.br,

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *