Justiça desbloqueia bens de Lindbergh Farias

O senador Lindbergh Farias (Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado)

O senador Lindbergh Farias (Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado)

Ao contrário do que divulgaram alguns blogs da Paraíba, os bens do senador Lindbergh Farias (PT-RJ) foram desbloqueados nesta terça-feira (6) pela Justiça do Rio de Janeiro, por ordem de um desembargador do Tribunal de Justiça daquele Estado.

O desbloqueio aconteceu por ordem do desembargador Reinaldo Pinto Alberto Filho, da 4ª Câmara Cível do TJRJ. Ele revogou decisão de primeira instância que tornou indisponíveis os bens de Lindbergh e de empresas que coletaram o lixo de Nova Iguaçu (RJ) em 2009, ano em que o paraibano era prefeito daquele município da Baixada Fluminense.

“Os atos se referem à gestão de Lindbergh como prefeito da cidade, entre 2005 e 2010. O desembargador aceitou pedido feito pela Green Life Execução de Projetos Ambientais, um dos réus no processo. A decisão foi estendida a todos os réus”, informa o Congresso em Foco.

“Os bens do senador e demais denunciados haviam sido bloqueados no último dia 24 por determinação da juíza Marianna Medina Teixeira, da 4ª Vara Cível de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A juíza acolheu o pedido de medida cautelar na ação civil pública por improbidade administrativa proposta pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro”, acrescenta o portal de Brasília.

 

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *