Eleições 13:00

Campanhas majoritárias nas 10 maiores cidades da Paraíba consumiram R$ 23,7 milhões

Nelson Júnior/Ascom TSE

A campanha eleitoral deste ano foi atípica: sem comícios, passeatas, carreatas e grandes eventos com aglomerações de pessoas por conta da pandemia. Mas ainda assim, a corrida eleitoral permanece com custos elevados. Um levantamento feito pelo Blog, com base nos dados do TSE, considerando as chapas majoritárias nas 10 maiores cidades da Paraíba, mostra que as eleições municipais deste ano consumiram R$ 23,7 milhões.

O montante é o somatório do que foi gasto por todas as candidaturas que disputaram o pleito nos dez maiores colégios eleitorais do Estado. Boa parte desses recursos é proveniente do fundo partidário, mas uma outra parcela é fruto de doações.

Se os recursos fossem transformados em obras ou gastos com bens públicos, por exemplo, dariam para construir pelo menos 278 casas populares (considerando que o valor médio de uma casa popular hoje é de R$ 85 mil) e comprar 526 carros populares (considerando o valor de R$ 45 mil cada carro).

Poderiam também, certamente, ser usados para pavimentar dezenas de ruas, ou na compra de insumos para a melhoria da qualidade da saúde ou da educação pública.

Mas os quase R$ 24 milhões custearam mesmo foi a ‘festa democrática’ nos dez maiores municípios paraibanos. ‘Festa’ essa que é tão necessária e tão cara – ao mesmo tempo.

A redução dos custos das campanhas, iniciada já há alguns anos com a proibição dos showmícios, ainda tem muito a avançar. Resta torcer por campanhas mais baratas e por eleitores mais conscientes de que o voto não é um comércio para os próximos pleitos.

Ranking dos gastos por cidades:

João Pessoa – R$ 11,2 milhões

Campina Grande – R$ 8,3 milhões

Santa Rita – R$ 735,9 mil

Patos – R$ 992,5 mil

Bayeux – R$ 742 mil

Sousa – R$ 427,7 mil

Cabedelo – R$ 172,5 mil

Cajazeiras – R$ 568 mil

Guarabira – R$  437 mil

Sapé – R$ 200,9 mil

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *