Investigação 11:56

Gestor de Camalaú é o 2º prefeito do PSDB preso na Paraíba em menos de nove meses

No fim de dezembro o prefeito de Uiraúna, João Bosco Fernandes, também foi preso pela Polícia Federal

Foto: reprodução/redes sociais

O prefeito da cidade de Camalaú, Alecsandro Bezerra dos Santos, conhecido como Sandro Môco, é o segundo gestor municipal do PSDB preso na Paraíba em menos de 9 meses. No fim de dezembro do ano passado o prefeito de Uiraúna, João Bosco Fernandes, também foi detido pela Polícia Federal. A estatística e as condutas, nada agradáveis, certamente têm incomodado os demais membros do partido no Estado.

No caso de Camalaú, o gestor é investigado por crimes de falsidade documental, fraude em licitação e desvio de recursos públicos na prefeitura. Mas durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão foram encontrados arma e uma bolsa recheada de dinheiro na casa dele. O Ministério Público estima em R$ 60 mil o volume de recursos encontrado em poder do político.

Após a prisão de João Bosco, em Uiraúna, o presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, anunciou a instauração de um procedimento ético-disciplinar para apurar a conduta do gestor.

Agora, em Camalaú, é bem aconselhável que ocorra o mesmo. O histórico, para a legenda, não está dos melhores nos últimos meses.

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *