Prefeitura vai proibir fogueiras juninas em Campina Grande por conta da pandemia

Objetivo é evitar que fumaça aumente casos de pacientes com problemas respiratórios e demanda em hospitais

Foto: Ascom

A prefeitura de Campina Grande vai proibir o acendimento de fogueiras este ano durante o período junino, por conta da pandemia do coronavírus. A medida deverá estar em um novo decreto que será publicado e manterá as restrições já estabelecidas na cidade quanto ao isolamento social, conforme disse ao blog o prefeito Romero Rodrigues (PSD). Ele avaliou positivamente os efeitos do ‘feriadão’ prolongado da cidade. De acordo com a prefeitura, o fluxo de veículos na região central foi reduzido em 82% do último sábado até hoje.

Com o fim do ‘feriadão’ o novo decreto deverá manter as mesmas proibições do decreto 4.479. A norma estabelece a proibição do funcionamento de parte do comércio, escolas, academias e mantém as restrições de caminhada no Açude Velho, na Avenida JK e no Canal de Bodocongó. O funcionamento de bares e restaurantes também continuará suspenso, assim como a Feira de Trocas.

A proibição das fogueiras também foi alvo de uma recomendação do Ministério Público, divulgada hoje à tarde. Na recomendação da Promotoria do Meio Ambiente há também o pedido para proibição de fogos de artifício durante o período de pandemia.

Confira as restrições do decreto 4.479 na íntegra 

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *