ALPB aprova projeto para usar dinheiro de leilões de carros na recuperação econômica ‘pós-pandemia’

Estimativas são de que poderiam ser arrecadados até R$ 110 milhões. Proposta é da deputada Pollyanna Dutra

Foto: Ascom

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou hoje, por unanimidade, o Projeto de Lei nº 1.777/2020, que estabelece um prazo limite para realização de leilões de veículos automotores apreendidos, removidos, depositados ou abandonados em pátios da Paraíba. A proposta é criar um Fundo, com o dinheiro arrecadado nos leilões, para impulsionar a economia do Estado no período ‘pós-pandemia’.

As estimativas são de que a Paraíba tenha hoje 22 mil veículos parados, de acordo com a deputada Pollyanna Dutra (PSB) – autora da proposta. “Imaginemos que se computarmos a R$ 5 mil a venda de cada um dos 22 mil veículos, que temos hoje empilhados nos pátios, nós arrecadaríamos R$ 110 milhões. Um alto valor que seria rapidamente destinado à retomada da nossa economia”, argumentou.

O projeto impõe o prazo de 60 dias, a partir da data do recolhimento, para que os veículos sejam avaliados. Os leilões seriam realizados, no máximo, após 120 dias do fim do prazo para reclamação. A proposta segue agora para análise do governador João Azevêdo (Cidadania), que poderá, ou não, sancionar o projeto.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *