Romero vai ampliar medidas de isolamento, mas descarta ‘lockdown’ em Campina Grande

Anúncio será feito na tarde de hoje, através das redes sociais. Campina já tem 817 casos confirmados de Covid-19

Foto: Ascom

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), deverá anunciar hoje novas medidas para ampliar o isolamento social na cidade. Mas a adoção de ‘lockdown’, nesse momento, está fora de suas pretensões. Ao blog ele disse que espera que o endurecimento das regras estimule as pessoas a seguirem com o isolamento social e provoque uma diminuição na curva crescente de casos de Covid-19.  No dia 21 de maio Campina Grande havia registrado 421 casos da doença. Ontem, dia 24, já eram 817 registros.

A adoção de ‘lockdown’ foi recomendada, no fim da semana passada, pelo Comitê Científico do Consórcio Nordeste. Na última sexta-feira representantes do Ministério Público divulgaram uma carta, alertando para o risco de colapso nos sistemas de saúde público e privado.

O número crescente de casos em Campina Grande se soma ao fato da cidade ser referência para outros 69 municípios das regiões do Brejo, Cariri e Curimataú do Estado. Caso tenhamos um aumento dos pacientes também nessas localidades será difícil encontrar espaço, nos hospitais de Campina, para atender todos os infectados com a doença.

A prefeitura mantém o comércio considerado não essencial fechado, assim como a proibição de realização de cultos e missas presenciais. Recentemente também foram interditadas as pistas de caminhada e as margens do Açude Velho, para tentar diminuir o fluxo de pessoas. Mas, na prática, o cumprimento das regras requer um esforço ainda maior do poder público, diante da falta de consciência das pessoas. As novas medidas, provavelmente, tentarão preencher essas lacunas.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *