Conselho de Segurança pede interdição das margens do Açude Velho e pistas de caminhada em CG

Medida tem por objetivo evitar a aglomeração de pessoas durante pandemia da Covid-19. Entidade vai encaminhar documento à prefeitura

Foto: Blog Pleno Poder

O Conselho Municipal de Segurança de Campina Grande vai encaminhar à prefeitura um pedido para interditar, temporariamente, as margens do Açude Velho, pistas de caminhada e outros espaços públicos que possam estar provocando aglomeração de pessoas durante a pandemia do coronavírus. A proposta foi discutida e aprovada na reunião de ontem da entidade e deverá ser formalizada hoje, junto ao prefeito Romero Rodrigues (PSD). A medida é semelhante à adotada em João Pessoa, onde o prefeito Luciano Cartaxo (PV) determinou o fechamento da orla da Capital. Por lá, nessas primeiras semanas, a praia está praticamente vazia.

O fechamento desses espaços, em Campina, é mais do que pertinente nesse instante. É que os casos de Covid-19 não param de crescer, assim como o descumprimento das regras de isolamento social por parte da população. Todos os dias o que se vê nesses espaços são centenas de pessoas caminhando, muitas sem máscaras – o que eleva o risco de transmissão da doença. Com parte do comércio e escolas fechadas, tendo prejuízos, não parece justo que muitos continuem provocando aglomerações nessas áreas. Nunca é demais lembrar, inclusive, que a maior parte das atividades físicas pode ser realizada em casa.

Atualmente Campina Grande possui 134 casos confirmados de coronavírus. A cidade, que é referência em saúde na região, vai receber pacientes infectados de outros 69 municípios paraibanos. A situação dos leitos de UTI e enfermaria, nesse momento, é confortável, mas o avanço da doença e o desrespeito às recomendações das autoridades de saúde podem provocar dificuldades para o sistema.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *