Após audiência, Justiça encaminha Fabiano Gomes para presídio do Roger

Radialista foi preso na 8ª Fase da Operação Calvário, acusado de extorsão

Foto: Herbert Araújo

Após audiência de custódia, realizada nesta quarta-feira (11), o juiz Adilson Fabrício Gomes Filho determinou que o radialista Fabiano Gomes da Silva seja encaminhado ao Presídio Flóscolo da Nóbrega, mais conhecido como Presídio do Róger, em João Pessoa. Ele foi preso temporariamente nesta terça-feira (10), por decisão do desembargador Ricardo Vital de Almeida, como desdobramento da oitava fase da Operação Calvário.

Fabiano Gomes deverá ficar em uma cela reservada até às 8h do próxima sábado (14), exceto se até lá o relator da Calvário determinar a conversão da prisão temporária em preventiva. Caso contrário, ele será solto imediatamente. “O Róger é o local recomendado pela Secretaria de Administração Penitenciária para abrigar os presos provisórios e por isso ele irá para lá”, disse Adilson Fabrício.

No período em que estiver em prisão temporária, o radialista ficará em uma área denominada de “reconhecimento”, onde também estarão outros presos. O diferencial, destacou o juiz, é que ele estará também privado de contato com o atual diretor do Róger, a pedido do advogado de defesa Gustavo Botto, que argumentou possível risco à sua integridade física, já que o radialista teria feito denúncia contra agentes penitenciários e o diretor da unidade.

O juiz Adilson Fabrício também liberou a visitação de parentes de primeiro e segundo grau no período em que estiver preso, bem como que ele porte os remédios de controle diário que ele tem que tomar.

Prisão

O radialista Fabiano Gomes teve a prisão temporária decretada em virtude da suposta prática do crime de extorsão contra Denylson Oliveira Machado, da empresa Paraíba de Prêmios. Para tanto, ele teria se utilizado, falsamente, do nome do delegado da Polícia Federal Fabiano Emídio de Lucena Martins, dizendo-se possuidor de cópia de degravações, supostamente prejudiciais a Denylson.

Texto: Angélica Nunes, do Jornal da Paraíba ***

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *