Política 11:23

Tovar tem simpatia da classe política, mas Bruno lidera nas urnas em eleições anteriores

Bruno recebeu 82.828 votos em três eleições. Tovar obteve 63.411. Os dois polarizam disputa pela indicação de Romero Rodrigues

Foto: reprodução

Para a escolha de um candidato a prefeito são levados em consideração vários fatores. Empatia, proximidade com as lideranças políticas locais, desenvoltura em discursos, o cenário eleitoral da cidade e, claro, o histórico de votos dos pré-candidatos. No caso de Campina Grande, a base aliada do prefeito Romero Rodrigues (PSD) tem hoje dois nomes que polarizam a disputa por uma indicação para ser o ‘cabeça de chapa’ do grupo nas eleições deste ano: o ex-deputado Bruno Cunha Lima (sem partido) e o secretário de Planejamento e deputado licenciado, Tovar Correia Lima (PSDB).

Os dois aparecem bem em sondagens internas, possuem proximidade com lideranças políticas tradicionais e deram os primeiros passos na vida pública na ‘Casa de Félix Araújo’, mas em dois quesitos parecem estar em patamares um pouco diferentes.

Tovar tem, aparentemente, uma ‘simpatia’ maior com a classe política local, sobretudo na Câmara. Não à toa, alguns dos vereadores que integram a bancada de Romero já anunciaram apoio à sua pré-candidatura. Por outro lado, Bruno lidera quando o assunto é voto em eleições anteriores.

Bruno disputou a primeira eleição em 2012, sendo eleito o vereador mais votado de Campina Grande, com 4.631 votos. No mesmo pleito, Tovar recebeu 3.690. Na época Tovar já concorria à reeleição, já que em 2008 foi eleito pela primeira vez com 4.999 votos.

Em 2014, os dois foram para a disputa de uma vaga na Assembleia Legislativa. Ambos foram eleitos. Bruno obteve 34.054 votos, enquanto Tovar recebeu 30.670. Nas últimas eleições, Tovar partiu para reeleição e foi o escolhido de 24.052 paraibanos nas urnas. Já Bruno tentou uma vaga na Câmara Federal e chegou perto, obtendo 44.143 votos. Em Campina, ele foi o candidato a deputado federal mais votado, com quase 20 mil votos. Somando todas as eleições, Bruno lidera com 82.828 votos conquistados em 3 eleições. Já Tovar acumula 63.411 em quatro pleitos.

Ontem o prefeito Romero Rodrigues disse que pesquisas internas irão ajudar a definir quem será o candidato do grupo. Além disso, uma conversa entre o gestor e o ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) também deverá impactar nessa escolha. A ‘simpatia’ da classe política local e a densidade eleitoral, certamente, serão duas variáveis que serão consideradas. Resta saber qual delas pesará mais na escolha.

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *