Deputada destina R$ 200 mil para projeto que substitui animais por bicicletas de carga na Paraíba

Objetivo é evitar o uso dos animais em carroças. Campina Grande produz 280 toneladas de lixo por dia

Foto: Ascom

Em seu primeiro mandato na Câmara Federal, a deputada paraibana Edna Henrique (PSDB) conseguiu fugir do ‘convencional’ na hora de direcionar parte de suas emendas parlamentares. Ela destinou R$ 200 mil a um projeto do Governo do Estado que quer doar bicicletas de carga para catadores que trabalham na coleta seletiva de resíduos sólidos.

As bicicletas irão substituir as carroças de tração, puxadas por animais – uma prática que põe em risco a vida e o bem estar dos animais e há muito tempo é carente da atenção do poder público. “Muitos homens e mulheres que realizam esse trabalho utilizam carroças puxadas por cavalos, muitas vezes famintos, cansados e com sede. Nossa emenda possibilitará a aquisição de mais bicicletas de carga e beneficiará os trabalhadores”, justificou a deputada.

Dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) apontam que os catadores são responsáveis por quase 90% do lixo reciclado no Brasil. Campina Grande, por exemplo, produz uma média de 280 toneladas de lixo por dia – gerando uma despesa de aproximadamente R$ 900 mil com a coleta convencional.

A iniciativa de Edna, além de fugir do trivial, traz ao debate a causa animal e, também, as condições de vida de milhares de paraibanos que sobrevivem da coleta de resíduos sólidos. A ideia merece ser apoiada.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *