MPF e OAB irão fiscalizar candidaturas ‘laranjas’ de mulheres na Paraíba

Objetivo é evitar candidaturas de ‘fachada’ nas eleições deste ano. Iniciativa vai monitorar 223 municípios paraibanos

Foto: Ascom

A Procuradoria Regional Eleitoral e a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Paraíba (OAB-PB) irão monitorar e fiscalizar denúncias de candidaturas femininas ‘laranjas’ nas eleições deste ano, na Paraíba. Representantes das duas entidades se reuniram nesta sexta-feira (31) para debater a formatação de um ‘Observatório de Candidaturas Políticas Femininas’.

O objetivo é promover a participação efetiva de mulheres nas eleições municipais, evitando candidaturas ‘laranjas’, de ‘fachada’. Será criado um canal de denúncias e de monitoramento das candidaturas femininas registradas. Na prática, o Observatório vai ficar ‘de olho’ em nomes que sirvam apenas para cumprir os 30% de candidaturas femininas nos partidos, previstos na legislação eleitoral.

“Vamos somar esforços para que possamos formatar o observatório da melhor maneira possível”, comentou o procurador regional eleitoral, Rodolfo Alves. O lançamento oficial do Observatório de Candidaturas Políticas Femininas na Paraíba será no dia 13 de fevereiro próximo, a partir das 10 horas, na sede da OAB em João Pessoa.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *