Vereadores autorizam crédito de R$ 1,5 milhão e liberam São João de Patos em 2020

Prefeitura vai contratar empresa para realizar festividades. Ano passado evento foi suspenso por falta de recursos

Foto: Arquivo Jornal da Paraíba

Em ano eleitoral e para não parecerem ‘impopulares’, os vereadores da cidade de Patos aprovaram hoje, em segundo turno, o projeto do Executivo que autoriza a abertura de crédito especial de R$1,5 milhão para contratação de uma empresa que vai realizar o São João este ano. Foram 16 votos a favor e uma abstenção, da vereadora Lúcia de Fátima de França Medeiros. O projeto já havia sido aprovado em primeiro turno ontem.

É que para a maior parte da opinião pública patoense a festa deve ser realizada, mesmo com o município enfrentando um ‘caos’ financeiro e acumulando um ‘rombo’ de R$ 80 milhões. Ano passado o evento foi suspenso, justamente por falta de recursos.

O projeto libera a empresa para explorar economicamente com a capacitação de patrocínios, doações, vendas de camarotes e comercialização de quaisquer produtos no evento. A proposta também estabelece que o detentor do uso e exploração econômica do evento possui exclusividade, no uso do solo e comercialização publicitária e econômica no perímetro do Festival do Folclore Junino.

Com uma prefeitura ‘quebrada’, a gestão interina de Ivanes Lacerda (MDB) aposta que a festa vai impulsionar a economia da cidade, deixando dividendos para o comércio; além de ajudar a recuperar a autoestima dos patoenses. É difícil, mas tomara que funcione! Caso contrário, o São João irá passar, mas as dívidas permanecerão nos dias seguintes.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *