Tovar luta por candidatura, mas evita estipular prazo para definição de Romero

Deputado diz que prazo para definição de candidato à prefeitura de Campina Grande deve partir das ruas

Foto: Ascom

Na matemática do deputado licenciado e secretário de Planejamento de Campina Grande, Tovar Correia Lima (PSDB), ainda continua valendo a máxima de que ‘quem tem prazo, não tem pressa’ – quando o assunto é a sua candidatura à prefeitura no próximo ano. Lutando para ser o escolhido pelo grupo do prefeito Romero Rodrigues (PSD), Tovar prefere não condicionar a definição a um prazo específico.

“O prazo é uma coisa que acontece sem que a gente delimite. Isso tem que partir muito mais do povo. Romero tem dito que o prazo seria no carnaval. E eu preciso trabalhar, fazer a Secretaria de Planejamento funcionar, para que depois eu possa discutir política. E acredito que esse momento é depois de abril”, comentou durante entrevista na Rádio CBN, em Campina Grande.

O desafio de Tovar não é fácil. Dentro do agrupamento político dele há ‘potenciais concorrentes’ fortes, a exemplo do chefe de gabinete Bruno Cunha Lima, do deputado estadual Manoel Ludgério (PSD) e, claro, o ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB).

Por enquanto o único prazo definido por Tovar é abril. Mas não para ser, ou não, oficializado como candidato de Romero, e sim para deixar a ‘Pasta’ e estar apto para a disputa. Tovar tem se comportado como um verdadeiro ‘soldado do grupo’. Sem prazo e sem pressa.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *