Assembleia deve acionar polícia por clonagem de celulares e golpes contra deputados da Paraíba

Em 24 horas, quatro deputados denunciaram que tiveram celulares clonados

Foto: Ascom

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) deve acionar a polícia, ou o Ministério Público, para investigar os casos de clonagem em aparelhos celulares dos deputados paraibanos. Nas últimas 24 horas, os deputados Lindolfo Pires (Podemos), Walber Virgulino (Patriota), Trocólli Junior (Podemos) e Branco Mendes (Podemos) afirmaram que tiveram seus telefones clonados.

Por conta disso, os parlamentares estão alertando a população para que desconsiderem as mensagens enviadas por eles, que na maioria das vezes pedem a transferência de dinheiro. Recentemente, o deputado Moacir Rodrigues (PSL) também denunciou que teve um aplicativo de mensagens clonado. No caso dele, os hackers teriam enviado mensagens com conteúdo pornográfico.

A Mesa Diretora da Assembleia informou que vai cobrar das operadoras de telefonia uma atuação mais forte, com o objetivo de melhorar a segurança das linhas telefônicas disponibilizadas aos parlamentares.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *