Política 10:57

Deputado da Paraíba diz que “o ideal” é ser expulso do PSL, partido de Bolsonaro

Moacir Rodrigues vai fazer consulta ao TRE, alegando ter sofrido discriminação dentro da legenda

Foto: Blog Pleno Poder

Há muito tempo alvo de críticas e desentendimentos com o presidente do PSL no Estado, deputado federal Julian Lemos, o deputado estadual paraibano Moacir Rodrigues não deve permanecer na legenda. Ele disse que nesse momento “o ideal para mim é ser expulso” do partido. O PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, está afundado há meses em uma crise interna, com o surgimento de denúncias de ‘rachadinhas’, compra de diretórios e candidaturas laranjas em vários Estados brasileiros.

No caso de Moacir, ele diz que estaria sofrendo discriminação dentro da legenda no Estado. “Seria uma honra para mim ser expulso do PSL. Vou fazer uma consulta ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral) por discriminação dentro do partido, por parte do presidente (Julian Lemos). Ele foi nomeado. Nem eleição tivemos”, desabafou Moacir.

Recentemente o deputado, que é irmão do prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSD), disse que caso o presidente Jair Bolsonaro deixe a legenda ele o acompanhará. Ontem, porém, o presidente descartou que deixaria o partido (pelo menos por enquanto).

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *