Política 12:09

Gratuidade em ônibus: gastos com remédios, água e luz serão descontados para deficientes em CG

Objetivo é fazer com que mais pessoas com deficiência possam usar gratuitamente o transporte público coletivo em Campina Grande

Foto: Arquivo Jornal da Paraíba

As pessoas com deficiência em Campina Grande que utilizam o transporte público coletivo da cidade terão o direito ao acesso à gratuidade ampliado. É que uma portaria publicada pela Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) estabelece que deverão ser considerados, para efeito de contabilidade da renda ‘per capita’ desses usuários, os gastos com medicamentos, água, luz e IPTU.

Na prática, os deficientes que comprovarem estar com a renda comprometida com esses itens poderão conseguir o benefício, mesmo que a renda ‘per capita’ total ultrapasse um salário mínimo – valor mínimo usado atualmente para a concessão da gratuidade. A portaria foi publicada no Semanário Oficial da prefeitura.

“Estamos regulamentando a possibilidade dessas pessoas retirarem a carteirinha da gratuidade e assim atenderemos mais pessoas. Em muitos casos as pessoas ultrapassaram um pouquinho a renda ‘per capita’ de um salário, mas têm a renda comprometida com medicamentos, por exemplo. Então iremos passar a considerar a renda líquida”, explicou o superintendente da STTP, Félix Araújo Neto. Hoje o sistema tem aproximadamente 3 mil pessoas com deficiência, que têm direito à gratuidade.

Semanário Oficial

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *