Direção do Festival de Inverno reclama da falta de apoio do Governo do Estado em evento

Em 2019 evento tem orçamento de R$ 230 mil. Festival é gratuito e terá show de Lenine na Praça da Bandeira

Em 2019 o Festival faz homenagem a Jackson do Pandeiro

Um evento que há 44 anos traz para Campina Grande ações culturais, com teatro, dança e apresentações de grandes cantores nacionais. O Festival de Inverno da cidade faz parte do calendário de eventos do município há muito tempo, mas mesmo assim tem dificuldades para receber investimentos públicos. Este ano, a direção do Festival afirma que o Governo do Estado não repassou um centavo sequer para o evento, mesmo a iniciativa levando shows como o de Lenine e companhias teatrais conceituadas para a Praça da Bandeira, gratuitamente.

A edição deste ano possui um orçamento de R$ 230 mil, sendo R$ 200 mil patrocinados pela Prefeitura de Campina Grande. Os organizadores procuraram o Governo do Estado para pedir apoio, mas não ficaram nada satisfeitos com a resposta que tiveram.

Em um ofício, assinado pelo chefe de gabinete do governador João Azevedo, Ronaldo Guerra, a gestão estadual diz que “em que pese reconhecer a importância de um evento dessa magnitude, o Estado não dispõe de dotação financeira e nem previsão orçamentária para atender a despesas e/ou atividades dessa natureza”.

A expressão “dessa natureza”  não agradou em nada os organizadores. “Mais uma vez nós recebemos uma negativa, com uma justificativa que nos ofende bastante. Ficamos surpresos, porque não entendemos qual seria a ‘natureza’ do Festival de Inverno de Campina Grande, reconhecido nacionalmente. Um festival que tem 44 anos”, indagou Myrna Maracajá, uma das organizadoras do Festival. O evento é realizado pelo instituto ‘Solidarium – Instituto de Arte, Cultura e Cidadania’. O blog ainda não conseguiu contato com a Secretaria de Cultura do Estado, para comentar o assunto.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *