Senadores e deputados da Paraíba criticam declarações de Bolsonaro

Áudio de conversa do presidente com ministro vazou ontem durante um almoço com jornalistas

Antônio Cruz/Agência Brasil

As declarações do presidente Jair Bolsonaro (PSL), vazadas nesta sexta-feira (19) durante um almoço para jornalistas, repercutiram entre a classe política da Paraíba. Nas redes sociais senadores e deputados paraibanos criticaram a postura do presidente e defenderam a valorização do Nordeste. No Senado, Daniella Ribeiro (Progressista) e Veneziano Vital do Rêgo (PSB) lamentaram o episódio.

“Quem conhece o Nordeste, sabe o valor dessa terra. O desconhecimento e o preconceito, por outro lado, levam a críticas infundadas e desrespeitosas. Hoje compartilhamos uma indignação coletiva pelas palavras proferidas ao Nordeste pela autoridade máxima desse país. Somos um só Brasil”, escreveu Daniella.

“Demonstra o que sempre soubemos a respeito dele, ou seja, uma pessoa que nunca demonstrou espírito democrático, com quem pense diferente daquilo que ele elege como verdade. Um governante tem que ter projeto de nação, não pessoal”, defendeu o senador Veneziano.

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB), também fez críticas às declarações de Bolsonaro. Já o deputado Gervásio Maia (PSB) considerou medíocre a postura dele e lamentou o fato.

O fato

Um áudio gravado por jornalistas antes do início do almoço de ontem revelou uma conversa do presidente Jair Bolsonaro com o ministro Onyx Lorenzoni, da Casa Civil. Na conversa, Bolsonaro diz que “daqueles governadores de ‘paraíba’, o pior é o do Maranhão; tem que ter nada com esse cara”, referindo-se ao governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B). Instantes depois, o governador João Azevedo (PSB) reagiu às declarações e cobrou respeito ao presidente.

Em nota, os governadores do Nordeste seguiram o mesmo entendimento, ressaltando a necessidade de respeito à democracia e a todas as regiões do país. “Independentemente de normais diferenças políticas, o princípio federativo exige que os governos mantenham diálogo e convergências, a fim de que metas administrativas sejam concretizadas visando sempre melhorar a vida da população. Recebemos com espanto e profunda indignação a declaração do presidente da República transmitindo orientações de retaliação a governos estaduais, durante encontro com a imprensa internacional. Aguardamos esclarecimentos por parte da presidência da República e reiteramos nossa defesa da Federação e da democracia”, discorre a nota.  Até agora o Palácio do Planalto não se manifestou sobre o tema.

Comente Senadores e deputados da Paraíba criticam declarações de Bolsonaro

  1. Geraldo Gondim Disse:

    E O Jair Messia Bosonario, so pensa nele. E nos filhos dele Nos Nordertinos somos pessas educadas. So ele e que tem filhos So ele nao conhece as nossas praias.E os lencois do Maranhao e nossa comida regional de cada cidade Salvador. Pernanbuco eos outros Estsdos.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *