45,2 mil servidores da Paraíba podem ter salários bloqueados

Servidores do Estado ainda não fizeram a atualização cadastral obrigatória. Prazo termina dia 30 deste mês

Faltando menos de uma semana para o término do prazo para a atualização cadastral dos servidores públicos estaduais da Paraíba,  45,2 mil deles ainda não fizeram o procedimento. Os servidores ativos e inativos podem ter os salários do próximo mês bloqueados, caso não façam a atualização cadastral. De acordo com dados da Secretaria de Administração do Estado, na Paraíba 113 mil servidores devem atualizar os dados. Até agora, porém, apenas 60% deles já fizeram.

O anúncio para a atualização cadastral  foi feito pelo Governo do Estado desde o dia 21 de maio, através de uma portaria publicada no Diário Oficial. O procedimento está sendo realizado, pela internet, desde o dia 1º deste mês e vai até o dia 30 (próximo domingo). O receio da Secretaria de Administração é de que os servidores deixem para a última hora. “A nossa recomendação é de que os servidores façam o procedimento o quanto antes”, lembrou a secretária de Administração do Estado, Jacqueline Gusmão.

Na internet

Para fazer a atualização basta acessar o portal do Governo do Estado (www.paraiba.pb.gov.br). Lá, o servidor vai clicar num banner, localizado na parte superior da página principal, que será direcionado para o link da atualização. O servidor poderá realizar o procedimento usando inclusive um celular ou um tablete que tenha acesso à internet.

Após entrar no site, o servidor vai preencher os seguintes campos: matrícula, CPF, nome que está no contracheque e o valor do pagamento do mês de abril (o valor deve ser o líquido). Neste campo, onde o servidor vai digitar o valor do pagamento, os números devem incluir os dois dígitos finais (centavos).

Para quem ainda tem dúvidas sobre como deve preencher os dados, o Governo do Estado da Paraíba disponibiliza o canal 0800 083 9800. A ligação é gratuita e os servidores poderão tirar dúvidas com os atendentes, de segunda à sexta-feira, das 8h às 16h30, inclusive em horário de almoço.

Outro canal de tira dúvidas

O Governo do Estado também disponibilizou um ambiente artificial de tira dúvidas. Pelo site www.tiraduvidas.pb.gov.br a pessoa pode digitar qualquer palavra-chave que o sistema localiza a resposta correta para a dúvida. Neste ambiente artificial é possível, inclusive, se comunicar com uma atendente virtual, chamada de Sofia. Ao acionar esse atendimento desenvolvido com inteligência virtual, o servidor poderá também ter acesso aos vídeos que mostram o passo-a-passo de como preencher os campos da Atualização Cadastral.

7 Comente 45,2 mil servidores da Paraíba podem ter salários bloqueados

  1. juliana Disse:

    Essa é uma forma de caça as bruxas, ou seja colocar alguns pra fora do governo, aqueles que foram apadrinhados por candidatos derrotados da ultima eleição; mas a essas alturas já deve ter vários “servidores” procurando alguns apadrinhados eleitos; de qualquer forma o governo estadual sai arranhado nesse recadastramento!

  2. juliana Disse:

    SE O PRÓPRIO GOVERNO DIZ, QUE É UM GOVERNO DE CONTINUIDADE, PQ ESSE RECADASTRAMENTO AGORA!?

  3. neilson.pessoa@hotmail.com Disse:

    O. Governo está certíssimo, pois há. Muita gente que já morreu recebendo.

  4. um sevidor Disse:

    Meu décimo terceiro veio faltando dinheiro, não foi pago corretamente. Espero que ao procurar a secretaria seja feito a complementaçao.

  5. Já fiz mais os novos dados, ou as maçãs informações que acrescentei ainda não aparece na folha funcional e nem pessoal.

  6. Luciene Laurindo Disse:

    Pensionistas devem fazer este recadastramento?

  7. Joao Batista Fernandes Neto Disse:

    O gonvernador está com toda razão em fazer esse recadrastamento sim, porque estão achando ruim? Têm que tira da folha quem não trabalhar ou que esteja outras pessoas recebendo por quem já morreu. Está certissimo o Sr. Gonvernador. Boa tarde.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *