Sexualidade da Mulher 12:00

Falta de libido: Um problema que tem solução!

 

“Dra, não tenho libido! O que faço?” Essa é a pergunta mais frequente que recebo!

Por definição, libido ou desejo sexual é a pulsão sexual, é uma energia mental que é estimulada pelos hormônios e pelas fantasias sexuais.

A baixa de libido ou desejo hipoativo anda tirando o sono de muitas mulheres e tem diversas causas:

A causa hormonal precisa ser enfatizada, porque a vida da mulher é marcada pela oscilação dos hormônios sexuais. Desde a primeira menstruação até a última, o corpo da mulher sofre alterações hormonais todos os meses. Essas mudanças também acontecem no período da gravidez, parto, pós-parto e amamentação. No período do climatério e menopausa não é diferente. Ainda temos os problemas de tireoide, como hipotireoidismo e aumento de prolactina, que deixam a mulher sem interesse sexual e, muitas vezes, ela nem se dá conta que a causa seja essa.

Uma segunda causa igualmente importante são as questões emocionais. A baixa autoestima, as disfunções sexuais como o vaginismo, dor na relação sexual e falta de orgasmo, todas essas situações comprometem a vontade fazer sexo.

Não podemos esquecer que o estresse, as questões financeiras, a sobrecarga de trabalho, a ansiedade, os estados depressivos e o uso de medicamentos ansiolíticos e antidepressivos também são agravantes da falta de libido na mulher.

Agora a pergunta que não quer calar: Esse problema tem solução? A resposta é SIM!

Antes de tudo, o primeiro passo é conhecer a causa, é saber o que de fato está prejudicando a sua libido. Nesse diagnóstico, a terapia sexual é a melhor indicação, já que é um processo cientificamente testado com ferramentas especificas para esse fim.

No processo terapêutico, orientações como: mudanças de hábitos alimentares, saída do sedentarismo, indicação de terapia hormonal, (com o especialista da ginecologia) e técnicas de ginástica intima como o pompoarismo, são soluções para resolver a baixa de libido.

TAGS:
Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *