Digital Empresas 9:20

Transformação digital: um caminho sem volta

Maior rede varejista da Paraíba investe no e-commerce e volume de vendas on-line ultrapassa a física.

Filipe Andson, Diretor de E-commerce do Armazém Paraíba Foto: Divulgação

 

“Se a gente não arriscasse, não teríamos uma história de sucesso para contar agora”. A fala de Filipe Andson, Diretor de E-commerce do Armazém Paraíba, chega depois da maior rede varejista da Paraíba investir nas vendas on-line como o primeiro passo para a entrada dos negócios no mundo digital. Em 60 anos de história, eles já passaram por diversos desafios para fazer os negócios crescerem, como a expansão de lojas físicas e a abertura de um shopping center. Foi em setembro de 2019, no entanto, que iniciaram a operação do primeiro e-commerce da rede.

A alta demanda dos clientes por um canal digital para comprar produtos fez a rede conseguir o seu primeiro milhão nessa modalidade de vendas durante a black friday do ano passado: “Percebemos que nossos clientes já estavam destinando parte de sua renda para a compra de móveis e eletros pela internet. O segredo do sucesso, então, foi ouvi-los e construir um e-commerce alinhado com a jornada de nosso consumidor”, destaca Filipe.

A responsável pelo planejamento e implantação do e-commerce do Armazém Paraíba foi a Enext, empresa do grupo WPP focada em soluções para negócios digitais. Para um processo como esse foi necessário realizar um forte estudo sobre a jornada do consumidor, além das condições necessárias para a implantação da loja on-line, que demandou um novo alinhamento no cadastro de produtos, montagem de processos logísticos e financeiros.

Gabriel Lima, CEO da Enext. Foto: Divulgação

 

“As novas tecnologias tiveram uma influência determinante nas mudanças dos comportamentos de compra. Para continuarem relevantes aos clientes, as empresas tiveram que se atualizar e modernizar suas estratégias. Foi essa abertura de mentalidade que contribuiu com o sucesso do primeiro passo do Armazém Paraíba no mundo digital”, afirma Gabriel Lima, CEO da Enext.

Com a chegada da quarentena imposta pela pandemia da Covid-19, o grupo reconheceu a importância de assumir uma cultura digital e acelerou ainda mais o processo. Só no mês de maio de 2020, o e-commerce vendeu um valor equivalente a 150% da meta anual da empresa: “Certamente a pandemia acelerou a nossa transformação digital e hoje representamos um quarto do faturamento global da companhia, apenas pelo e-commerce”, comemora Filipe.


Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *