Projeto prevê aposentadoria especial para guardas municipais e de trânsito

Um projeto do senador Paulo Paim (PT-RS) prevê aposentadoria espacial para guardas municipais e de trânsito. A proposta estabelece 30 anos de trabalho para os homens e 25 para as mulheres. O caminho para aprovação final é longo, mas tramita no Senado e aguarda votação na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), onde a relatora é a senadora Lúcia Vânia (PSB-GO).

De acordo com o projeto, a aposentadoria especial dentro do Regime Geral da Previdência Social poderá ser concedida a guardas municipais e agentes de trânsito aos 30 anos de contribuição se for homem, com pelo menos 20 anos na atividade, e aos 25 anos se mulher, desde de que tenha o mínimo de 15 anos na atividade.

Para Paim, a legislação é omissa em relação aos guardas municipais e agentes de fiscalização de trânsito, pois são profissionais que atuam em condições de alto risco. Assim, o senador afirma que esses servidores também merecem a aposentadoria especial em virtude da periculosidade de suas atividades.

Várias categorias já têm direito a aposentadorias especiais, pois atuam em atividades que podem por em risco a saúde do trabalhador, como policiais, médicos, eletricistas, enfermeiros, pedreiros de grandes obras e outros.

Com informações da Agência Senado/ Foto: joaopessoa.pb.gov.br

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *