Gadelha diz que Estado deve R$ 4 milhões ao Samu de CG e Sousa

samu-sousa

 

O deputado Renato Gadelha (PSC) cobrou do governo do Estado que se pronuncie sobre a falta de repasse de recursos para o Samu em algumas cidades. Ele afirma que em vários municípios o atraso de oito meses está provocando um caos.

“O risco é iminente, vários prefeitos me procuraram pedindo socorro”. Renato lembrou que os repasses federais estão em dia e as prefeituras estão fazendo a parte delas.

“O problema é que vários municípios estão sem receber o repasse estadual há mais de oito meses. O Governo do Estado simplesmente não paga a parte que lhe cabe, por lei, para o funcionamento do Samu”.

Segundo ele, em Campina Grande e Sousa, por exemplo, a dívida já ultrapassa os quatro milhões de reais. “Diante da crise que enfrentamos, as prefeituras não conseguem cobrir o rombo nas contas causado pelo Estado”.

Ele reclama da falta de diálogo. “O pagamento não é feito e não há qualquer comunicação com as prefeituras para tentar amenizar a crise. E a dívida só aumenta”, lamenta Renato Gadelha.

A Secretaria de Saúde/PB ainda não se pronunciou sobre o assunto.

2 Comente Gadelha diz que Estado deve R$ 4 milhões ao Samu de CG e Sousa

  1. Maria Bernadete Oliveira Disse:

    E com Ricardo Coutinho existe diálogo? Desconheço. Eu acredito que o SAMU de Campina deve está sem recursos mesmo para nada, a falta de ambulância para socorrer os acidentados é grande. Ontem mesmo um rapaz foi acidentado aqui próximo a minha casa e as pessoas ligaram várias vezes para lá até que depois de quase uma hora de espera eles resolveram dizer que não havia viatura para atendimento, isso é um absurdo, foi preciso recorrer à polícia e essa acionou os bombeiros e veio uma viatura do corpo de bombeiros, mas se o problema é esse a prefeitura tem que botar a boca no trombone e cobrar do governador, a população como sempre é quem está pagando o pato, por se tratar de uma briga de partido político, esse é que é o absurdo maior.

  2. Não posso tecer muitos comentários sobre o assunto porque não se sabe o que tem para responder o outro lado da moeda. Acredito que a Secretaria de Saúde do Estado tem por obrigação dizer alguma coisa sobre o assunto, até para que se esclareça o que e3stá acontecendo, uma vez que o Governador do Estado é muito afeito a cumprir seus compromissos. Senhor Secretário de Saúde do Estado, diga algo sobre essa acusação, pois isso é grave. O povo precisa saber alguma coisa.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *