Fazendo as contas: governo entrega proposta de reforma da Previdência antes da eleição

temerpag

Os deputados e senadores que tinham medo dos temas polêmicos da reforma da Previdência começarem a ser discutidos antes do primeiro turno da eleição terão que encarar o debate.

É que o presidente Michel Temer (PMDB), se não recuar, irá entregar a proposta. Voltou da China querendo mostrar que “tem peito” para enfrentar e segurar a pressão.

Além de tudo, para alguns, a tese é que, se for para tomar medidas antipopulares, que seja logo para evitar que o desgaste chegue mais forte em 2018.

Quem comemorou a decisão anunciada pelo ministro Geddel Vieira, da Secretaria de Governo, foram os tucanos. O paraibano Cássio Cunha Lima, líder do PSDB no Senado, disse ao Estadão que o Brasil precisa ter sinais objetivos de mudança e esse seria um deles.

Não há mais espaço para mentiras e enganação. É preciso ser dito a verdade em relação à previdência brasileira. Há uma necessidade de mudanças para evitar uma situação caótica a médio prazo. Então, encarar os problemas, discutir com a sociedade e com o Congresso eu vejo como um sinal muito positivo”, disse CCL que, apesar da “pressão”, tira licença de 119 dias para fazer um cirurgia e participar das campanhas na Paraíba. Deve participar do processo só quando voltar em janeiro de 2017.

Mas o assunto só vai entrar efetivamente na cabeça dos parlamentares depois da eleição. Muitos vão empurrar de propósito. Inclusive governistas.

Não querem de saber de Brasília por causa das disputas municipais. São cabos eleitorais de primeira linha e o tema da reforma pode trazer “constrangimentos”.

Um das propostas já anunciadas pelo governo para segurar o crescimento do rombo é a de idade mínima de 65 anos para homens e mulheres. A nova regra deve afetar quem ainda não completou 50 anos. Nos próximos dias, pela complexidade, necessidade e polêmica, o assunto vai ganhar o noticiário nacional.

 

3 Comente Fazendo as contas: governo entrega proposta de reforma da Previdência antes da eleição

  1. GERALDO Disse:

    EU CONCORDO Q APEVIDENCIA ESTÁ FALIDA MAS ELES PRESIDENTE SENADORES E DEPUTADOS DEVERIAM COMEÇAR A REFORMA DE APOSENTADORIA COMEÇANDO POR ELES Q COM DOIS MANDATO OU SEJA OITO ANOS SE APOSENTA

  2. aldenir Disse:

    Eu não concordo pois eu eu já estou com 49 anos e5meses.

  3. José Fernandes de oliveira filho Disse:

    As mazelas sociais que o Brasil vive hoje é fruto da irresponsabilidade e incompetência dr governos passados.A reforma da Previdência social e um desses casos.E preciso garantir o benefício da aposentadoria mas também dar ao governo condições de pagamento, pois com o rombo de bilhões nos cofres federais não é nada fácil.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *