Entre Linhas

Entre Linhas

Confira a seleção da 4ª rodada do Campeonato Paraibano

Destaques da rodada, que aumentou a disputa pela segunda posição na tabela, estão entre Botafogo-PB e Treze.

Por Expedito Madruga

 

(Foto: Cassiano Cavalcanti/Treze FC)

 

O Campeonato Paraibano está chegando na metade da sua primeira fase e com isso, as disputas começam a ficar mais acirradas pelas duas vagas diretas na semifinal. Na seleção desta rodada, Botafogo-PB e Treze emplacaram três jogadores cada, mas o Galo da Borborema também garantiu o técnico Marcelinho Paraíba. Destaque ainda para Campinense, Nacional de Patos, Perilima e Sousa. Confira os onze melhores e o técnico da Rodada #4:

 

Camilo (Nacional de Patos) – Mais uma vez foi o destaque do Verdão, impedindo uma derrota elástica para o Treze.

 

Rodrigo Ramos (Botafogo-PB) – Vem resolvendo o problema crônico da lateral do Belo. Fez mais uma partida segura contra o São Paulo Crystal.

 

Gabriel Yanno (Botafogo-PB) – Fez a sua estreia como profissional e parecia um veterano pela tranquilidade e segurança em campo.

 

Marlon (Treze) – Ganhou praticamente tudo contra o ataque nacionalino. Passa equilíbrio para o sistema defensivo do Galo.

 

Wesley (Sousa) – Uma das melhores alternativas ofensivas do Dinossauro. Se apresenta para o jogo e não compromete na defesa.

 

Darlan (Treze) – Jogador moderno, atua praticamente como um terceiro zagueiro quando o Treze ataca. Foi importante na virada contra o Nacional de Patos.

 

Natalício (Sousa) – É o maestro do time do Sousa. Por seus pés, passam as principais jogadas ofensivas. Teve uma atuação perfeita no clássico contra o Atlético de Cajazeiras.

 

Birungueta (Treze) – O artilheiro do Campeonato Paraibano deixou novamente a sua marca. Marcou dois gols e foi o grande responsável pela virada contra o Nacional de Patos.

 

Fábio Lima (Perilima) – Mais uma vez se destacou no ataque da Águia. Fez dois gols contra o Campinense e foi um dos melhores em campo.

 

Clayton (Botafogo-PB) – Outro que marcou duas vezes. Fez a sua melhor apresentação desde a volta para o Botafogo-PB nesta temporada.

 

Marcos Nunes (Campinense) – Saiu do banco para decidir. Dois gols, o último deles garantindo a incrível virada da Raposa contra a Perilima.

 

Técnico: Marcelinho Paraíba (Treze) – Como ele mesmo disse, deu uma chacoalhada no time no intervalo e fez mudanças que garantiram mais uma vitória galista.