Copa do Nordeste 22:45

Botafogo-PB empata, e Treze perde pela Copa do Nordeste, mas só o Belo está eliminado

Por Pedro Alves

Foto: Cisco Nobre / ge

Os dois últimos dias não foram nada bons para o futebol paraibano na Copa do Nordeste. Treze e Botafogo-PB não jogaram bem seus compromissos. O Galo perdeu no domingo, em Salvador, para o Vitória, por 3 a 1. Já o Belo empatou em casa, diante do Confiança, sem gols, nesta segunda-feira. O time de João Pessoa está justamente eliminado do torneio. O Galo ainda tem chances de classificação. Mas não muito simples.

 

O primeiro passo é vencer seu compromisso. O Galo encara no sábado, no Amigão, o Sport, já eliminado. Para avançar, o time ainda precisa torcer para o Bahia perder para o ABC ou o Sampaio Corrêa não vencer o CSA, e ainda rezar para que o 4 de Julho-PI não vença os dois jogos que lhe restam. É muita coisa. Mas vai que…

 

Vitória 3 x 1 Treze

 

O Treze teve uma boa chance de fazer um papel melhor no Barradão. Fez um primeiro tempo interessante, levou tranquilamente o troféu de igual para igual para casa da primeira etapa. Criou algumas chances, tocou bem a bola em algumas ocasiões. Mas não conseguiu empatar. O Vitória abriu o placar com Alisson Farias aos 10 minutos de jogo. Pedrinho, do Leão, foi expulso aos 40, e deveria ter dado um ânimo para o Galo para a segunda etapa. Mas não aconteceu.

 

O Treze voltou pior. Mesmo com um a mais.  O time baiano neutralizou a inferioridade numérica e passou a jogar nas costas da defesa do Treze, que passou a jogar mais à frente. Em uma das investidas, Samuel recebeu pelo cruzamento de David e emendou um voleio, marcando um golaço. O Leão recuou mais e o Treze passou a gostar do jogo. Em uma boa trama, João Leonardo diminuiu.

Foto: Divulgação

 

O Treze partiu para o abafa, pressionou, mas não criou chances claras na reta final. Em um contra-ataque mortal, no último minuto, Ygor Catatau aproveitou um rebote de Jeferson e deu números finais ao confronto. 

 

O time deveria ter rendido mais, sobretudo na segunda etapa. Mas agora Marcelinho Paraíba tem algumas conclusões importantes que precisam ser tiradas. João Leonardo foi bem fazendo pivôs, dando dinâmica à equipe, conseguindo evoluir jogadas de desafogo da defesa que iam nele e ele arredondava. 

 

Leia também: Craques da Copa do Nordeste 2021, rodada a rodada

 

Insistir em Kleiton Domingues de falso 9 – e falso 10, porque não fez nenhuma coisa nem outra bem – para deixar João no banco não faz sentido. Ancelmo, mesmo não jogando o que eu esperava, também já produziu mais do que Kleiton na meia. 

Ficha técnica

Vitória 3 x 1 Treze – 7ª rodada da Copa do Nordeste (Estádio Barradão)

Arbitragem: Diego da Silva Castro; Alisson Lima Damasceno e Janystony Rabelo de Melo, todos do Piauí.

Gols: Alisson Farias, Samuel, Igor Catatau (V); João Leonardo (T)

Cartões amarelos: Cedric (V); Kleiton Domingues (T)

Cartão vermelho: Pedrinho (V)

Vitória: Lucas Arcanjo, Raul Prata (Van), Marcelo Alves, Wallace, Pedrinho; Maykon Douglas (Paulo Victor), Cedric, Alisson Farias (Roberto); David, Samuel (Igor Catatau) e Vico (Hitalo). Técnico: Rodrigo Chagas.

Treze: Jeferson, Paulinho (Júlio Ferrari), Adriano Alves, Marlon, Wellington Carioca; Darlan (Romeu), Régis Potiguar, Birungueta (Kleiton Domingues), Ancelmo (Marcelo Júnior); Jairinho (Rogerinho) e João Leonardo. Técnico: Marcelinho Paraíba.

Craque do jogo (oficial): Samuel (V)

Craque do jogo (blog): Samuel (V)

Foram bem: David e Vico (V); João Leonardo (T)

 

Botafogo-PB 0 x 0 Confiança

 

Mais um calo na vista do torcedor botafoguense. A partida marcou a estreia do novo técnico, Gerson Gusmão, que substitui Marcelo Vilar. E era normal que não houvesse evolução. Foi o que aconteceu. 

 

Se houve alguma impressão de melhora, ela se limita à entrada de Clayton, que é melhor do que qualquer um jogador do elenco, e de Sávio, que não parece ser bom ou solução alguma, mas produz minimamente mais do que Rafael Oliveira, que está altamente apático em campo. Sávio fez pivôs, ganhou bolas divididas e ainda esteve na criação da melhor chance do Belo na partida, finalizada por Lucas Gabriel, que quase abre o placar na segunda etapa.

Foto: Josemar Gonçalves / AGIF

 

De todo modo, o Confiança foi quem foi mais perigoso em campo. O Botafogo-PB acerta muito passe no campo de defesa, e na mesma proporção erra onde se deve acertar mais. A dificuldade é grande para chegar no último terço. O setor ofensivo é muito pobre. Com o empate, o time dá adeus ao sonho de passar de fase. Interrompe uma sequência de três anos seguidos chegando pelo menos nas quartas de final do torneio. O quarto mata-mata consecutivo não vem. 

Ficha técnica

Botafogo-PB 0 x 0 Confiança – 7ª rodada da Copa do Nordeste (Estádio Almeidão)

Arbitragem: Antônio Magno Lima Cordeiro (CE); auxiliado por Euletério Felipe Marques Júnior (CE) e Wesley Rodrigues Miguel (CE)

Cartões amarelos: Samuel, Rogério, Marcos Aurélio (B); Nailton, Nery Bareiro, Renan Areias (C)

Botafogo-PB: Felipe, Rodrigo Ramos, Samuel, Willian Machado, Lucas Gabriel (Joaquim); Rogério, Pablo, Marcos Aurélio, Clayton (Bruno Menezes); Welton e Sávio. Gerson Gusmão.

Confiança: Rafael Santos, Marcelinho, Isaque Gavioli, Nery Bareiro, Nailton (Everton); Gilberto, Renan Areias (Willian Santana), Bruninho (Iago), Álvaro; Robinho (Leandro Silva) e Cristiano (Lucas Barcelos). Técnico: Daniel Paulista.

Craque do jogo (oficial): Welton (B)

Craque do jogo (blog): Felipe (B)

Foram bem: Bruninho (C) e Samuel (B)

Mais Notícias

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *