Radiologia intervencionista: o futuro perto de você

A radiologia intervencionista é uma especialidade que ganhou enorme força no mundo e no Brasil em meados da década de 1980, quando as angioplastias, stents e embolizações vasculares ganhavam sedimentação científica e popularidade. A busca permanente por conhecimento fez com que profissionais de várias partes do país se reunissem, periodicamente, para discutir imagens, casos, complicações e soluções através de métodos minimamente invasivos.

As imagens eram produzidas por equipamentos como os raios-x, a ultrassonografia e até mesmo a tomografia, motivando a composição do Clube de Angiografistas, na época capitaneado pelo saudoso Renan Uflacker (um dos baluartes da especialidade no mundo) que, anos mais tarde, em 1997, transformou-se na Sociedade Brasileira de Radiologia Intervencionista e Cirurgia Endovascular (SoBRICE).

Otimizando diagnósticos

Trata-se de uma especialidade híbrida, em constante desenvolvimento, para qual convergiram profissionais de diversas áreas como a radiologia e diagnóstico por imagem e, da cirurgia vascular. A “Pedra Angular” de sua atuação é a realização de diagnósticos e tratamentos utilizando equipamentos geradores de imagens, por meio de acessos vasculares percutâneos dos diversos órgãos.

A evolução tecnológica aplicada ao diagnóstico por imagem vem otimizando a elucidação diagnóstica nesse sentido. Tal evolução, aliada à maior capacitação profissional, vem impulsionando grandes mudanças sob as abordagens para tratamento graças ao surgimento permanente de procedimentos menos invasivos e traumáticos, portanto, mais confortáveis e principalmente mais seguros.

 

 

Visando exatamente trazer à população paraibana o que há de mais moderno na medicina, a ENDOVASC conta com o melhor corpo de especialistas devidamente titulados e reconhecidos pela SOBRICE, única sociedade brasileira com habilitação para atuar nas mais variadas patologias e promover soluções otimizadas em íntimo contato com vários especialistas e especialidades.

Nesse sentido, pode-se atuar com auxílio de várias especialidades como as seguintes:

– Hepatologia: na realização de ablações por radiofrequência, quimioembolizações por cateter para tratamento de tumores hepáticos, bem como na realização de biópsias ou colangiografias para confirmações diagnósticas sobre o tecido hepático e sobre as vias biliares.

– Ginecologia: através do tratamento das varizes pélvicas e solução de suas causas, na realização de embolizações de artérias uterinas para tratamento de miomas sintomáticos como alternativa a soluções cirúrgicas, bem como podemos atuar sobre a obstetrícia na solução de hemorragias puerperais de difícil controle.

– Cirurgia geral: podemos colaborar quanto aos sangramentos digestivos tanto para suas confirmações diagnósticas quanto para realização de embolizações para cessação dos referidos sangramentos ou para drenagem de abscessos intracavitários de maneira minimamente invasiva.

– Pneumologia e cirurgia torácica: para investigação diagnóstica e tratamento das mais variadas causas de hemoptise e no diagnóstico histopatológico e ablação terapêutica de tumores de pulmão.

Sendo assim a radiologia intervencionista se estabelece como uma importante arma no tratamento de inúmeras patologias, nas mais variadas topografias do corpo, dentro das diversas condições patológicas, praticamente sobre todas as especialidades, visando sempre soluções eficazes e minimamente invasivas voltadas ao completo e rápido reestabelecimento dos pacientes, mesmo quando sob condições significativas de comprometimento à vida.

 

* Fotos retiradas do site da ENDOVASC.