Covid-19 16:50

Entidades médicas pedem às autoridades adoção urgente de medidas para evitar avanço da Covid-19 na PB

Por LAERTE CERQUEIRA 

Foto: G1

O Conselho Regional de Medicina do Estado da Paraíba, a Associação Médica da Paraíba, as Sociedades Médicas Regionais de Infectologia, Tisiologia, Pneumologia, Medicina Intensiva e  a Associação Paraibana de Medicina de Família e Comunidade assinaram um manifesto conjunto, nesta segunda-feira (22), endereçado às autoridades da área da Saúde.

No documento, as entidades médicas pedem que sejam tomadas medidas, rapidamente, para proteção da população e em respeito à vida. E propõem colaborar, trazendo discussões à construção de novas estratégias de enfrentamento à Covid-19.

O grupo ressalta a preocupação com a grave crise provocada pela elevação do número de casos de Covid-19, e internação, nos hospitais públicos e privados da capital, nas últimas semanas. A entidades destacaram alguns pontos que levaram à publicação do manifesto:

1. Comprovada circulação na Paraíba de novas variantes do SARS-COV-2, com maior
capacidade infectante;
2. Funcionamento de serviços não essenciais que provocam aglomerações;
3. Relaxamento nas medidas de distanciamento social, banalização da obrigatoriedade
do uso de máscaras e do rigor das medidas de higiene;
4. A ineficácia de medidas farmacológicas específicas contra o SARS-COV-2;
5. A escassez de vacinas para atingirmos imunidade coletiva;
6. A evidente e insustentável elevação da ocupação dos leitos de UTIs em mais de 80%,
com tendência a colapsar em poucos dias.

Veja o documento: Manifesto conjunto – Avanço COVID-19 (1)

Comente
O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados com *