Congresso Brasileiro da Cachaça reunirá os maiores especialistas do setor

Cadeia produtiva se reunirá em Vitória nos dias 05 e 06 de setembro.

Durante os dias 05 e 06 de Setembro, acontecerá em Vitória – ES o Congresso Brasileiro da Cachaça. O evento terá início às 13:00 e término às 23:00, contando com uma série de especialistas do setor.

De acordo com um dos organizadores, Adão Cellia, proprietário da marca Princesa Isabel, o evento busca uma integração dos produtores em nível nacional. Desse modo, estarão aptos a discutir problemas que ocorrem no setor, trocar experiências e discutirem novas ideias.

O Congresso Brasileiro da Cachaça preparou uma equipe espetacular para os debates, prometendo aos participantes de dois dias intensos de imersão nos assuntos do setor com a presença de alguns dos maiores especialistas do assunto no Brasil.

Paralelamente, no Centro de Convenções de Vitória – onde o Congresso acontecerá – teremos também o Salão de Negócios da Cachaça. Para uma melhor organização, os palestrantes estarão espalhados em quatro painéis diferentes, sendo os temas: “Cachaça: Patrimônio Nacional”, “Porque as cachaças são tão diferentes?”, “Por que a cachaça ainda sofre tanto preconceito” e “Comercialização e exportação”.

Primeiro Painel – Cachaça: Patrimônio Nacional

Nesse momento se busca evidenciar a importância da Cachaça como um Patrimônio Nacional do Brasil. Trabalhando-a como um símbolo nacional essencial para a formação de um Estado Nacional. Um outro assunto que será abordado é importância que o pequeno produtor possui no setor. As palestras voltadas a esse tema acontecerão das 16:30 às 18:30 no dia 05 de Setembro e conta com grandes palestrantes como Gilberto Freyre Neto, presidente do Instituto Gilberto Freire em Pernambuco.

Segundo Painel – Porque as cachaças são tão diferentes?

Esse painel também apresenta debates muito interessantes, tratando assuntos como, por exemplo, a diferença entre a cachaça artesanal e a cachaça industrial. Além disso, a palestrante Aline Marques Bortoletto da ESALQ em São Paulo, traz uma discussão muito pertinente, que busca entender se as madeiras podem ou não corrigir os defeitos da cachaça. Uma série de outros questionamentos sobre a causa das cachaças serem diferentes também serão levantados por especialistas no assunto e acontecerá das 19:00 às 21:30, fechando as palestras do dia 05.

Terceiro Painel – Por que a cachaça ainda sofre tanto preconceito?

Com um título um tanto chamativo, o terceiro painel abrirá as palestras do dia 06 de Setembro. Buscando entender um pouco sobre a razão de um destilado tão nobre não receber o seu devido respeito, os palestrantes trazem questionamentos que irão ajudar os produtores a entender as causas desse fenômeno e, consequentemente, combatê-las. Entre os diversos tópicos deste painel, o Jornalista Sidney Maschio apresentará como os meios de comunicação enxergam a cachaça. As palestras começarão às 16:00 e tem o prazo de encerramento para às 18:30, dando espaço para os debates do quarto painel.

Quarto Painel – Comercialização e exportação

Para encerrar as palestras do último dia, o quarto painel busca debater a comercialização da cachaça no mercado externo. O primeiro palestrante será Thyrso Neto, da Cachaça Yaguara, que irá abordar sobre o perfil do cliente da cachaça. Já Fernando Silveira do SEBRAE de Minas Gerais, levará questões para os produtores pensarem no Marketing de suas cachaças. A questão da coquetelaria, e-commerce e a importância das distribuidoras para o pequeno produtor, também são pautas das palestras do quarto painel, que começará às 19:00 e terminará às 21:30.

O Salão de Negócios e Congresso Brasileiro da Cachaça conta com o apoio de institucionais, como a Associação Nacional de Produtores de Cachaça de Qualidade (ANPAQ) e a Academia Brasileira de Cachaça de Alambique (ABCA). O evento é uma grande oportunidade de aprendizado e de negócios aos produtores de cachaça, uma vez que, trata-se de dois dias imersos no setor junto a outros produtores e especialistas no assunto.

O Salão de Negócios chama também a atenção dos consumidores apaixonados pelo destilado, que além de comprar garrafas da bebida, também podem participar do Cachaça Experience. Trata-se de um espaço onde estarão aptos a experimentar diversos drinques, feitos por uma equipe minuciosamente selecionada que conta com os 30 melhores bartenders do Espírito Santo.

Para mais informações sobre o evento, clique aqui. 

Post feito em parceria com o blog cachacagestor.com.br

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *