Cachaças da Paraíba em Busca de Maior Reconhecimento Nacional

O Concurso Vinhos e Destilados do Brasil, antigo Concurso Mundial de Bruxelas – Brasil, terá sua 17ª edição entre 15 e 18 de julho, em São Paulo.

Em um movimento inédito entre os produtores paraibanos, seis casas produtoras se uniram para enviar, em conjunto, um total de 13 marcas para participar do concurso esse ano.

O Concurso, promovido pela revista Vinho Magazine, premia cachaças em duas categorias: sem amadurecimento em madeira e com amadurecimento em madeira. As premiações serão Duplo Ouro, Ouro e Prata, de acordo com a pontuação alcançada por cada bebida.

Para concorrer, os destilados, assim como os vinhos, precisam ser produzidos no Brasil e ter registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O corpo de jurados é formado por especialistas, apreciadores e compradores de grandes redes varejistas, Entre os nomes já confirmados pelo Concurso Vinhos e Destilados do Brasil, estão Carlos Cabral, do Grupo Pão de Açúcar, e o sommelier Dionísio Chaves.

A Paraíba estará fortemente representada por esse grupo de seis engenhos: Baraúna (com duas marcas), Cobiçada (com duas marcas), Gregório (com duas marcas), Nobre (com três marcas), Turmalina da Serra (com 2 marcas) e Triunfo (com 2 marcas), totalizando 13 marcas.

Independentemente de qualquer associação formal, esse grupo, também integrado pelos engenhos fabricantes das cachaças Sedutora e Marimbondo (que optaram por não enviar seus produtos esse ano), fechou um acordo entre si com os objetivos de: divulgar e abrir novos mercados para os destilados do grupo, sem desmerecer  nenhuma  marca e sim enaltecer as qualidades da cachaça paraibana; qualificar e buscar novos consumidores para as cachaças da Paraíba, em particular entre os apreciadores de cervejas, vinhos e outros destilados; participar de concursos nacionais e internacionais para dar mais visibilidade à cachaça produzida na Paraíba, dentre outros.

Pelo que conhecemos da qualidade e seriedade desses produtores, em breve estaremos aqui divulgando qual metal precioso cada cachaça conseguiu trazer para o nosso estado.

8 comentários - Cachaças da Paraíba em Busca de Maior Reconhecimento Nacional

  1. Marcelo Disse:

    Boa iniciativa !Parabéns Paraibanos pela valorização do rico acervo centenário Brasileiro nossa grande …. Cachaça

  2. Roberto Germano Costa Disse:

    O Governo do Estado da Paraíba sente-se orgulhoso com os avanços no Arranjo Produtivo das Cachaças da Paraíba. Através da Fapesq e do Empreender está iniciando um Programa de incentivo a Infraestrutura e a qualidade desses produtos e, em novembro (dias 15 e 16), realizará o Festival Tecnológico das Cachaças e Queijos da Paraíba!

    • Maurício Carneiro Disse:

      Roberto, obrigado por seus comentários. Gostaria que você me enviasse mais detalhes sobre esse Programa de Incentivo, pra eu publicar aqui no Blog e na minha coluna na CBN da sexta-feira.

  3. Point dos caldos Disse:

    Parabéns a os idealizadores
    Do Blend Nordestino
    Uma Cachaça de altíssima qualidade
    Produzida com o melhor de cada Alambique envolvidos
    Hoje é uma das minhas preferidas da Paraíba
    Sucesso a todos.

    • Maurício Carneiro Disse:

      Thiago, obrigado por sua mensagem. Realmente o Blend Nordestino tem a parêia não, é uma bebida excelente que não deixa a desejar frente ao melhor wisque ou qualquer outro destilado. Os produtores paraibanos estão de parabéns e com certeza, trarão alguma premiação desse concurso.

  4. Ulrich Disse:

    Entre as representantes da Paraíba senti falta das mais premiadas Volúpia, Serra Limpa e Serra Negra. Porque ficaram de fora?

    • Maurício Carneiro Disse:

      Ulrich, obrigado pelo contato. Essas três excelentes marcas que você citou não integram o grupo abordado na matéria, mas não significa que não participarão do evento de forma isolada. Até o momento não tivemos nenhuma informação nesse sentido, mas espero que participem, isso só engrandece e orgulha a nossa Paraíba.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *